in

Ludmilla inova com anúncio de playlist e finalidade é admirável

Metropoles

Como no mês de novembro é celebrado o Dia da Consciência Negra, um dia dedicado a homenagear e conscientizar a cultura afro-brasileira no Brasil, a cantora Ludmila resolveu fazer uma ação bem legal para celebrar a data.

Publicidade

Em sua conta oficial no Instagram, a cantora pediu ajuda aos seus fãs para que eles lhe enviassem ‘indicações’ de artistas negros que mereçam uma visibilidade maior. Com essas indicações, a cantora irá preparar uma playlist em sua conta no Spotify (streaming de música), divulgando, dessa forma, a trabalho desses artistas.

O nome da playlist é ‘Nossas Descobertas’ e já possui 29 músicas disponíveis para todos conhecerem os artistas, embora haja mais de 30.000 comentários no post da cantora. Ludmila está priorizando artistas locais de diversas regiões do país.

Publicidade

A ideia do projeto é que a cantora atualize a playlist a cada mês com cantores que ela mesma goste. Além disso, Ludmila também está pensando em fazer um sorteio em janeiro e eleger dois desses artistas de ‘Novas Descobertas’ para cantar com ela mesma em seu trio elétrico, na Bahia, no carnaval de 2020.

Publicidade

Começo da carreira de Ludmila

O início da carreira de Ludmila foi marcado por muito preconceito como o racismo e esse é um dos motivos dessa linda iniciativa da cantora. Ainda hoje em dia, a cantora revelou para a revista Glamour que sofre preconceito por ser “negra, funkeira e bissexual”.

Publicidade

Conhecida no início como Mc Beyonce, a cantora morava em Duque de Caxias e tinha contrato com uma pequena gravadora, porém ela teve um desentendimento com o dono em 2012. Vendo o seu potencial, a gravadora Warner decidiu investir em sua voz e, desde então, a funkeira nunca mais parou e hoje é uma das cantoras de funk mais conhecida no país e no mundo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.