in

Jô Soares chorou em uma de suas últimas aparições na TV e disse do que mais sentia falta; artista faleceu

O icônico humorista, apresentador, ator, escritor e diretor estava com 84 anos.

Globo / BN

Faleceu por volta das duas da manhã dessa sexta-feira (05/08), aos 84 anos, o escritor, apresentador, ator, diretor e humorista Jô Soares. A causa de sua morte ainda não foi divulgada, mas o artista estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo desde o dia 28 de julho por conta de uma pneumonia.

Publicidade

Em sua carreira como humorista, Jô Soares integrou, ao lado de Ronald Golias, o elenco do icônico programa Família Trapo, nos primórdios da televisão brasileira. Nos anos 80, já com seu programa solo, Jô fez muito sucesso com vários personagens no Viva O Gordo, que recentemente foi reprisado pelo Canal Viva.

Quando se cansou dos programas humorísticos, Jô Soares foi pioneiro ao criar o que seria um talk show brasileiro. A Rede Globo, na época, não gostou muito da ideia e ele foi embora para o SBT, onde apresentou durante anos o Jô Soares Onze e Meia. Arrependida, a Globo voltou a procurar o artista e ele voltou em 2000, apresentando, no mesmo formato, o Programa do Jô. Juntando as duas emissoras, foram 28 anos e mais de 14 mil entrevistas.

Publicidade

Uma de suas últimas aparições na TV aconteceu no dia 11 de novembro do ano passado, quando Jô Soares relembrou o Programa do Jô e chorou muito ao se despedir de sua amiga Cristiana Lôbo, jornalista que falecera naquele dia após lutar anos contra um mieloma múltiplo.

Publicidade

Na ocasião, o apresentador confidenciou que a coisa que ele mais sentia falta dos tempos do Programa do Jô, que foi extinto no final de 2016, era o “Meninas do Jô”, quadro em que ele batia papo com um time de jornalistas do qual Cristiana Lôbo fazia parte.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com