in

Falece, aos 84 anos, o humorista Jô Soares; notícia veio através de sua ex-mulher

Humorista faleceu na madrugada desta sexta-feira, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Reprodução: istoé dinheiro / fotomontagem por Manuella

Morreu, na madrugada desta sexta-feira (05), aos 84 anos, o ator, escritor, apresentador e humorista Jô Soares.

Publicidade

O comandante do clássico e eternizado “Programa do Jô”, exibido nas telas da Rede Globo de Televisão de 2000 a 2016, estava internado, em São Paulo, no Hospital Sírio-Libanês, desde o dia 28 de julho.

Quando chegou à unidade de saúde, seu objetivo era o tratamento de uma pneumonia. Entretanto, a causa oficial da morte ainda não foi divulgada.

Publicidade

Ex-esposa divulgou o falecimento

Publicidade

A notícia da morte do artista veio através de Flávia Pedras, ex-esposa do apresentador. Posteriormente, a assessoria de imprensa do hospital em que Jô permanecia internado confirmou a notícia.

Publicidade

Em seu comunicado, Flávia relembrou os apelidos pelos quais chamava Jô Soares ao prestar sua homenagem e noticiar o falecimento do ex-marido: “Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho”. Além disso, Flávia agradeceu pelos momentos que passaram juntos e relembrou alguns deles.

Flávia também informou que o funeral do humorista será reservado à família e a amigos próximos e alertou sobre a importância de celebrar a vida.

No fim de seu comunicado, Flávia declarou: “Amor eterno, sua, Bitika”.

O ex-casal permaneceu unido durante mais de dez anos e, mesmo após a separação, os dois estavam sempre juntos, como afirmou Jô Soares em uma entrevista, em que declarava que o divórcio dos dois foi uma “separação que não deu certo”.

Jô é considerado o pioneiro do stand-up e foi um dos principais humoristas da história do Brasil, fazendo parte de programações eternizadas na TV, como “A família Trapo” (1966), “Planeta dos homens” (1977) e “Viva o Gordo” (1981).

Publicidade