in

Ao contracenar com Reynaldo Gianecchini, que vive um abusador em série, Tainá Müller diz que sentia ‘repulsa’

A atriz falou sobre a importância da série ao retratar sobre a violência doméstica.

Instagram Tainá Muller

Tainá Müller, que vive a protagonista da série Bom Dia, Verônica, na Netflix, falou sobre a participação de novos atores na trama, principalmente sobre Reynaldo Gianecchini, cujo personagem é um pastor que abusa da herdeira, vivida por Klara Castanho.

Publicidade

Durante entrevista para a revista Quem, Tainá contou: “A gente antagoniza completamente na série. Eu olhava as cenas dele no monitor e não acreditava. Não conseguia engolir, ele me provoca repulsa total!”. Sobre trabalhar com o veterano, ela declarou que Reynaldo é uma ótima pessoa  e ficou feliz em poder dividir cena com alguém tão grande como ele. A bela ainda completou que pretende fazer outras coisas ao lado dele.

Müller destacou ainda a importância da série ao falar de maneira tão aberta sobre o abuso sexual e da violência contra a mulher. Ela ressaltou ser importante colocar esses temas em evidência, já que é tão perigoso ser mulher no Brasil, e ter a oportunidade de fazer essa reflexão é algo muito valioso.

Publicidade

Críticas aos jovens

Recentemente, Gianecchini foi entrevistado por Gabriela Prioli, e, na ocasião, ele fez críticas contra aqueles influencers que pretendem conquistar a fama sem fazer nenhum esforço para tal.

Publicidade

O ator disse que acha legal ganhar dinheiro com o Tik Tok, mas é preciso entender que também existem outras profissões legais e que exigem muito estudo. Segundo ele, às vezes tem a sensação que ninguém quer estudar atualmente e só querem saber de ganhar dinheiro de imediato.

Publicidade

Outra crítica dele foi em relação aos jovens que não tem o menor interesse em conhecer a cultura brasileira para se posicionar politicamente no país em que reside.

Publicidade