in

Pantanal: José Leôncio confessa medo para Filó; ‘Eu jurei pra mim mêmo que nunca mais ia usá essa palavra’

José Leôncio confessa trauma e medo de amar, pois perdeu todo mundo amava.

Divulgação / TV Globo

Em Pantanal, novela exibida pela Rede Globo, o personagem José Leôncio (Marcos Palmeira) expõe seus sentimentos para Filó (Dira Paes) e revela trauma guardado há muitos anos. A cozinheira questionará o fazendeiro por quais motivos ele nunca disse que a ama. O Rei do Gado confessará que não tem coragem, pois todas as pessoas pelas quais ele amou demais foram embora da sua vida.

Publicidade

O casal estava num momento de prazer quando Filó lembra do tempo que o amado saia em comitiva e ela ficava com o coração apertado e cheia de saudades. Madeleine (Karine Teles) morava na fazenda e nem ligava pelas viagens do fazendeiro.

Filó afirmará que quando José Leôncio tocava o berrante ela ficava alegre e com o coração disparado de tanta felicidade. “Mais é verdade… Quâno eu ouvia seu berrante tocâno, ‘inda longe daqui, meu coração disparava no peito”, falará Filó.

Publicidade

José Leôncio pedirá para Filó não falar mais no nome da ex-esposa, tendo em vista que ela está morta e enterrada no fundo do rio. Filó aproveitará o momento e questionará o milionário se ela também está morta em seus sentimentos. “E no teu coração, Zé? Ela tá enterrada também?”, falará Filó.

Publicidade

José Leôncio confessará para a amada que tocava o berrante pensando nela, que tinha certeza que ela ouviria e ia correndo contar para Madeleine. “Olha o berrante tocâno, dona Madalena… É o teu marido quem tá chegâno!”, falará o rei do gado.

Publicidade

Filó apertará José Leôncio e falará que ele nunca disse que a amava, como ele falava com Madeleine. O Rei do gado falará que prefere assim, pois todas as pessoas que ele expôs seus sentimentos foi embora de sua vida. “Eu jurei pra mim mêmo que nunca mais ia usá essa palavra”, falará José Leôncio.

Publicidade