in

Pantanal: José Leôncio tem sua fazenda invadida, é acordado com disparos de arma de fogo e entra em desespero

O fazendeiro acordará no meio da noite com o barulho e descobrirá que sua propriedade foi invadida por criminosos.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Em Pantanal, José Leôncio será acordado com barulhos de tiro em sua fazenda. O Rei do Gado ficará assustado com a movimentação e descobrirá que sua propriedade foi invadida por criminosos caçando animais em suas terras. Rapidamente, ele ligará para Ari- seu braço direito na cidade- e avisará o funcionário sobre a invasão. Ele mandará o homem chamar o IBAMA e a Polícia Federal para conter os bandidos. “Tão caçâno… Tão caçano aqui nas nossa terra! (…) Ari… Ô Ari.. Ocê tá me orvîno? Os mardito vortâro, Ari”, dirá o pai de Jove desesperado.

Publicidade

Preocupado com a sua criação de bois, José Leôncio sairá no meio da noite para ver o estado dos animais. O fazendeiro se deparará com os bichos abatidos e com ferimentos. O pai de José Lucas ficará furioso e fará de tudo para capturar os criminosos que fizeram tamanha crueldade com os animais.

Logo depois, a polícia chegará no Pantanal e conseguirá prender os bandidos. Na ocasião, o policial criticará a flexibilização na compra de armamentos e munições e dirá que a facilidade em adquirir os equipamentos favorece o aumento da caça ilegal. O profissional ainda dirá que os caçadores, na maioria das vezes, utilizam os animais mortos para ostentar nas redes sociais. “Caçar animais silvestres é crime e eles sabem, mas acham bonito tirar foto para postar..”, dirá o agente federal.

Publicidade

José Leôncio desperta a fúria de Tenório e fica na mira do grileiro

Publicidade

Nos próximos capítulos de Pantanal, Zuleica chegará no bioma junto com seus filhos e provocará a fúria de Maria Bruaca. A dona de casa não conseguirá conviver com a amante de seu marido em sua casa e surtará. Ela tentará matar Tenório com a arma de Alcides, mas acabará errando o alvo. Com raiva, o grileiro escorraçará a interiorana e mandará ela sumir do bioma.

Publicidade

Sem ter para onde ir, Maria Bruaca ficará desesperada e se sentirá sozinha. Ela será acolhida por Eugênio e chegará a pensar em se jogar nas águas do rio. No entanto, o chalaneiro convencerá a dona de casa e ela mudará de ideia. Tempos depois, José Leôncio ficará sabendo da situação de Bruaca e se solidarizará com a dona de casa.

Filó pedirá para o fazendeiro deixar a mãe de Guta morar em sua propriedade e ele acabará deixando. Contudo, José Leôncio acabará despertando o ódio de Tenório, que descobrirá que Bruaca está hospedada na fazenda do pai de Jove e ficará furioso. O grileiro não aceitará a situação e declarará guerra ao vizinho.

Publicidade