in

Juliana Paes é acusada de abandonar funcionária com depressão: ‘foi demitida’

A ex-funcionária da atriz contou que tentou suicídio e foi ignorada pela ex-patroa.

Reprodução/Instagram

A atriz Juliana Paes é uma famosa artista brasileira que vive dá vida atualmente a Maria Marruá, na reprise de Pantanal, na Globo. Ela acabou sendo envolvida em uma grande polêmica após o filho de uma ex-funcionária da artista expor uma suposta demissão conturbada de sua mãe após diagnóstico de doença grave. As informações são da colunista Fábia Oliveira, do portal Em Off.

Publicidade


Segundo as acusações do jovem rapaz, filho de Adriana das Graças, sua mãe trabalhou durante 11 anos como governanta e cozinheira na casa de Juliana Paes e, de acordo com ele, a mulher havia dado o seu melhor, servindo a família da atriz.

Tudo teria ficado diferente após Adriana das Graças ser diagnosticada com depressão profunda. A depressão é uma doença psicológica grave que precisa de tratamento com medicamentos e acompanhamento médico. Conforme as informações fornecidas pelo rapaz, sua mãe precisou ser internada em um hospital psiquiátrico para realizar seu tratamento.

Publicidade

O INSS teria dado um total de seis meses de licença para ela se recuperar da doença. No último dia 7 de julho, quando a licença acabaria, Maria teria sido demitida pela atriz.

Publicidade

Publicidade

Em uma entrevista concedida pela ex-funcionária a Fábia Oliveira, Adriana teria dito que, antes de entrar de licença, havia tido uma briga com outra funcionária de Juliana na casa e, após essa discussão, ela afirmou que tentou tirar a própria vida. Ainda segundo a funcionária, Juliana ignorou a situação e não teve nenhum apoio da patroa.

O filho de Adriana postou em seu Twitter um vídeo antigo onde Juliana cita Adriana fazendo muitos elogios. Na publicação o rapaz faz questão de expor a situação de sua mãe.

“A moça do vídeo é a minha mãe, se dedicou por 11 anos na casa da Juliana Paes. Deu seu máximo. Mas quando precisou se internar em hospital psiquiátrico, por causa de depressão, foi demitida. O INSS deu 6 meses pra ela se cuidar, mas os mesmos não quiseram nem saber e demitiram ela.”

Publicidade

Escrito por Tati Jesus

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.