in

Pantanal – Zefa escancara que foi explorada por Tenório e que exercia trabalho escravo: ‘Em troca de guarida’

Após ser demitida, a empregada revelará a José Leôncio as condições de trabalho que enfrentou na fazenda de Tenório.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Em Pantanal, Zefa revelará a José Leôncio e Filó que não recebia salário para trabalhar para Tenório. A namorada de Tadeu fazia uma espécie de trabalho análogo à escravidão para o vilão. Após ser expulsa da propriedade do pai de Guta, a jovem irá desabafar com o Rei do Gado e dirá que recebia abrigo em troca dos serviços prestados na fazenda. “[Trabalhava] em troca de guarida”, dirá Zefa.

Publicidade

A jovem será demitida por Maria Bruaca após a dona de casa descobrir que ela foi responsável por Tenório ter descoberto a traição. A interiorana ficará sabendo que Zefa teve uma conversa comprometedora com Alcides e vai deduzir que o grileiro escutou tudo. Com raiva, Maria Bruaca mandará a jovem juntar suas coisas e deixar a fazenda. Sem rumo, Zefa sairá vagando e acabará sendo ajudada por um caminhoneiro. Ele a deixará na propriedade dos Leôncio e ela pedirá ajuda a Tadeu. O peão se solidarizará com a situação da empregada e pedirá para seu pai deixá-la morar na fazenda.

Zefa será muito bem recebida por Filó, que vai levá-la até o escritório de José Leôncio para ela conversar com o todo poderoso e explicar sua condição. Ao ver a jovem cabisbaixa e com um trouxa de roupas, o fazendeiro ficará assustado e perguntará o que aconteceu. “O que é que ocê tá fazêno c’o essa trôxa debaxo do braço?”, questionará o pai de Jove.

Publicidade

A mãe de Tadeu intercederá pela empregada e dirá que ela foi demitida por Maria Bruaca e que não tem onde ficar. Zefa oferecerá seus serviços ao pai de José Lucas e ele perguntará a Filó se ela está precisando de alguém para lhe auxiliar. A dona de casa, por sua vez, será compassiva e dirá que não se trata do serviço, mas sim de ajudar o próximo.

Publicidade

Desesperada por um emprego, Zefa aproveitará a situação para desabafar e revelará as condições que enfrentava na fazenda de Tenório. A empregada revelará que trabalhava em troca de comida e de um lugar para dormir e que nunca recebeu um salário. José Leôncio ficará perplexo com a revelação da moça e dirá que ela terá sua carteira assinada, como todos os seus funcionários.

Publicidade

A empregada revelará que nunca teve benefício algum e que não tem carteira de trabalho assinada. “Ara… Eu nunca tive cartêra assinada. Na verdade, eu nem tenho cartêra”, dirá Zefa. O Rei do Gado contratará a jovem e dirá que irá providenciar todos os papeis para resguardar os direitos dela.

Publicidade