in

Caio Castro critica parceiras que não pagam a conta em encontro: ‘Não é minha filha’

Ator contou, em um podcast, que se sente incomodado com a sensação de ser obrigado a bancar um encontro.

Reprodução: SBT

O ator Caio Castro, de 33 anos, repercutiu nas redes sociais, após um comentário em uma entrevista em que deu sua opinião sobre os homens terem que bancar, sozinho, os custos de um encontro com uma mulher.

Publicidade

Em entrevista ao podcast Sua Brother, o artista comentou que os homens sempre são ditados como os responsáveis ​​pela conta do encontro, e relatou que fica muito desconfortável com uma parceira que não se oferece para dividir os custos.

O galã da Globo disse que se sente incomodado, porque essa não seria uma obrigação dos homens em um encontro. “Me incomoda muito a sensação de ter que sustentar, ter que pagar… não tenho que fazer p*** nenhuma”, disparou o ator.

Publicidade

Caio disse que, quando chama alguém para jantar, faz questão de pagar, diz que vai ao banheiro e já paga a conta. O problema, segundo ele, é quando a parceira pede a conta e não se oferece para pagar, como se essa fosse sua obrigação. “Pediu a conta e não se mexeu, não perguntou, como se eu tivesse esse papel? Você não é minha filha”, disse o famoso.

Publicidade

Durante a entrevista, Caio Castro também disse que se livrou dos estereótipos da masculinidade. Ele contou que sentia vergonha de se emocionar com alguma coisa simples, como um filme; e que segurava choro.

Publicidade

O ator contou que tenta corrigir coisas que fazem mal para ele e que não precisa ser durão por ser homem, mas tem que ser um humano. Ele também comentou que tem suas fragilidades, inseguranças e vontade de chorar por algumas coisas tristes ou felizes; disse que hoje é um cara livre.

Publicidade