in

Na mira da Justiça: quadro de Faustão vira alvo de jornalista por suposto crime e detalhes vêm à tona

A emissora está sendo processada pela repórter; ela revelou detalhes do caso.

Reprodução Metropoles

Nesta semana, a colunista Fábia Oliveira, do portal Em Off, revelou que a repórter Patrícia Morais processou a emissora Band TV, acusando o programa de Fausto Silva de plágio. A jornalista teria entrado com a ação contra o canal por causa da atração The Best Brasil, um quadro que foi incorporado na programação do Faustão na Band.

Publicidade

Segundo informações da colunista, Patrícia teria alegado que apresentou o projeto para os executivos da Band, mas que eles não levaram a ideia adiante. No entanto, para a surpresa da jornalista, a emissora teria usado sua ideia no programa do comunicador Faustão. No processo, Morais afirmou que apresentou a atração para a cúpula da emissora em dezembro de 2021. Ela ainda disse que a Band não pediu permissão para utilizar seu trabalho.

Patrícia revelou que o alto escalão da emissora chegou a aprovar sua ideia, mas não deram andamento nas negociações e o projeto teria ficado engavetado. Contudo, pouco tempo depois, a jornalista teria descoberto que a Band utilizou sua ideia para um quadro da atração de Faustão.

Publicidade

A repórter revelou que tentou resolver a situação antes de entrar com um processo contra a empresa de Johnny Saad, mas que a emissora alegou que o projeto era totalmente diferente do que foi apresentado por ela.

Publicidade

O quadro chamado The Best Brasil já entrou para a grade de programação do Faustão na Band e deve ser exibido até o final de 2022. Após a repercussão do caso, a emissora teria tentado entrar em contato com Patrícia para resolver o imbróglio. A jornalista está pedindo cerca de R$10 milhões por danos morais e materiais. O processo corre em segredo de justiça.

Publicidade
Publicidade