in

Nego Di é acusado de aplicar golpe em seguidores; humorista rebate

Nas redes sociais, o humorista revelou ter vendido seu carro para arcar com o golpe

Foto: Reprodução Instagram

Polêmico, o ex-BBB e humorista Nego Di foi acusado de aplicar golpes em seus seguidores na venda de produtos online. Pelas redes sociais, o influenciador gaúcho divulgava produtos diversos como celulares e aparelhos de ar-condicionado de uma loja chamada Tá di Zuera! por um preço bem abaixo do mercado.

Publicidade

Diversos clientes, abriram reclamações nos órgãos de defesa do consumidor e plataformas como o Reclame Aqui alegando nunca terem recebendo as mercadorias compradas.

De acordo com o “Balanço Geral”, da Record TV, o número de denúncias contra a loja divulgada por Nego Di ultrapassou a casa da centena.

Publicidade

Em contato com o UOL, o delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia de Canoas, Rio Grande do Sul, Rafael Pereira, relatou que o número de reclamações continua crescendo. 

Publicidade

“A cada dia novas vítimas comparecem e fazem novos registros de ocorrência“, contou ao completar que grupos no WhatsApp foram formados para mobilizar os consumidores lesados pela empresa. “Os clientes alegam a compra de produtos e o não recebimento“.

Publicidade

Após toda a polêmica, o ex-BBB removeu as publicidades em seu perfil no Instagram.

Apesar de ter servido como garoto propaganda da suposta empresa, o nome do humorista não consta no quadro de sócios e administradores da “Tá di Zuera!”

Por meio de nota, os advogados do humorista garantiram que Di foi apenas contratado para a realização da publicidade e que seguem averiguando a situação em contato com as autoridades policiais. 

Em seu Instagram. o humorista divulgou uma sequência de stories garantindo que arcará com o prejuízo: “Eu me sinto vítima de toda essa situação”. Segundo ele, nunca teve acesso ao sistema do site, nem as contas bancárias: “Eu nunca tive acesso ao site para saber do que estava acontecendo”



Di revelou ainda ter vendido seu carro. Segundo ele, o valor do automóvel será investido em um fundo para ressarcir as vitimas da Tá di Zuera.

O influenciador contou ainda que organizará eventos para arrecadar valores para esse fundo. Sobre o golpe, Di encerrou: “Fica pra mim um aprendizado”

Publicidade

Escrito por Daniel Spagnuolo

Jornalista MTB 0090259/SP, apresentador e locutor.
Escrevo sobre TV e Famosos há 12 anos e hoje faço parte do podcast tvemais
Instagram https://instagram.com/danielbsn
Twitter: https://twitter.com/odanielbsn