in

Justiça manda bloquear quantia milionária de Belo por dívida com Denilson; cantor recorre

A Justiça pediu o bloqueio de mais de R$ 7 milhões que seriam pagos ao pagodeiro como cachê de um grande show que acontecerá em agosto.

Reprodução/Instagram/@belo/@denilsonshow

Belo terá mais de R$ 7 milhões bloqueados de sua conta bancária. Isso após a Justiça de São Paulo determinar um depósito judicial com o valor milionário que iriam para o cantor, devido a uma dívida dele com o ex-jogador de futebol Denilson, da Band. O pagodeiro receberia o valor por um show que será realizado no mês que vem [agosto], no Pacaembu. As informações foram divulgadas em primeira mão pelo jornalista do UOL Diego Garcia.

Publicidade

De acordo com determinação da 5ª Vara Cível do Foro de São Bernardo, tomada na terça-feira (19), ofícios devem ser enviados para as empresas responsáveis pela comercialização do show do pagodeiro, que está marcado para o dia 20 de agosto.

A ordem é de que as empresas façam depósitos judiciais até que seja completo o valor incontroverso do débito do artista, avaliado em R$ 7.004.586,00.

Publicidade

A defesa de Belo contestou o valor, afirmando que a quantia que consta na decisão seria irregular. Segundo o advogado do cantor, Marcelo Passos, até o momento o valor ainda está sob revisão do tribunal, por isso, ainda não houve nenhum tipo de bloqueio da receita do show. Ao invés disso, o defensor de Belo esclarece que, na verdade, o que existe é uma penhora de parte dos valores que seriam depositados para o artista.

Publicidade

Vale lembrar que a briga entre o cantor e o ex-jogador já é antiga. Tudo teve início nos anos 2000, época em que Denilson gerenciava a banda Soweto, que tinha Belo como vocalista e líder.

Publicidade

O ex-jogador abriu uma ação judicial contra o pagodeiro após Belo sair da banda no intuito de seguir carreira solo. Denilson alegou quebra de contrato. Em 2004, o marido de Gracyanne Barbosa foi condenado a pagar indenização ao comentarista.

Publicidade