in

Em série sobre crime contra Daniella Perez, Claudia Raia diz que percebeu pista e pressentiu tragédia da atriz

Ela conta que viu algo estranho, quando o assassino foi na delegacia, algumas horas após o crime.

Instagram Claudia Raia

A atriz Claudia Raia afirma que ainda guarda algumas recordações difíceis sobre a morte da atriz Daniella Perez, que aconteceu em 1992. A ex-esposa de Edson Celulari estava na delegacia, algumas horas depois do crime e, no local, ela teve contato com Guilherme de Pádua. Segundo ela, ali mesmo, teve um pressentimento ruim e detectou uma pista que indicava o envolvimento dele no crime que chocou o país.

Publicidade

Claudia Raia é uma das convidadas que deram o seu depoimento para a série Pacto Brutal, que estreia na HBO Max amanhã (21). A atração aborda o que aconteceu em volta do crime cometido contra Daniella, assassinada por Guilherme e sua esposa, Paula. A produção mostra as perspectivas da família, amigos e aqueles que se debruçaram sobre o inquérito na Justiça.

Daniella faleceu após levar dezoito punhaladas em um matagal, que fica no Rio de Janeiro. Quando tudo aconteceu, a moça deveria estar em um ensaio de uma peça que iria participar. Na ocasião, a bela poderia demonstrar tudo que sabia sobre a dança. Claudia Raia, que também é bailarina, percebeu que a ausência da atriz no local indicava que algo grave deveria ter acontecido com ela.

Publicidade

A veterana disse que, quando um bailarino falta a um ensaio, ele pode estar morto. Ela relembrou que, naquele dia, todo mundo estava se questionando onde Daniella estava: “Se ela não chegou, alguma coisa aconteceu”.

Publicidade

Claudia Raia era muito próxima de Raul Gazolla, marido de Daniella na época. Durante a madrugada, o ator teve que ir até o matagal para reconhecer o corpo da esposa. Em seguida, ele ligou para a Raia e pediu que ela fosse até a delegacia para dar uma força naquele momento. Ela foi imediatamente.

Publicidade

Quando estavam no local, eles receberam a visita de Guilherme, que foi prestar solidariedade ao viúvo. Quando Pádua abraçou a atriz, ela notou algo suspeito. “E eu não sei por que olhei o braço do Guilherme. Tinha, na parte do antebraço, arranhão de unha de mulher. Me chamou a atenção aquilo“, disse ela, que achou o fato estranho, mas guardou a informação para si.

Publicidade