in

Eterna Miúxa diz não ser amiga de nenhuma ex-paquita e menciona que todas ameaçaram processá-la: ‘complicado’

Cátia Paganote abriu o jogo sobre a sua atual relação com as outras ex-paquitas da Xuxa em entrevista ao podcast Bestcast.

Divulgação/Extra

Cátia Paganote abriu o jogo sobre os bastidores dos tempos em que era uma das paquitas da Xuxa. Em entrevista ao podcast Bestcast, a eterna Miúxa logo iniciou destacando que não se privaria de falar sobre o assunto, destacando que ninguém paga suas contas e que todas ex-paquitas são adultas agora.

Publicidade

Paganote entregou namoros que aconteceram naquela época, além de revelar ameaças de processos e dizer como está a sua relação com as ex-assistentes de palco da eterna Rainha dos Baixinhos.

A ex-paquita diz não falar mal de suas ex-colegas, contudo, destaca não ser amiga de nenhuma delas. Cátia afirmou, inclusive, não ter amizade e cumplicidade nem ao menos com as ex-paquitas Priscila Couto e Ana Paula Almeida, com quem ela chegou a fazer alguns shows recentemente em eventos sobre os anos 80.

Publicidade

Paganote, que hoje é influenciadora digital, afirma que quando elas sobem no palco não demora a terem uma ligação maravilhosa, já que apenas de se olhares elas se entendem. “Mas não troca ideia depois dali”, completou ela.

Publicidade

Cátia contou ter saído de dois grupos de WhatsApp que reunia as ex-paquita e ainda explicou porque tomou esta decisão. Ao ver da influenciadora digital, o objetivo de um grupo é que as pessoas troquem ideias, o que não estava mais acontecendo. “Quando você manda uma mensagem e ninguém responde, fica complicado”, explicou.

Publicidade

De acordo com a influenciadora, a sua relação com as outras ex-paquitas da Xuxa acabou “azedando” ainda mais após ela decidir escrever uma biografia, que foi lançada em 2019 e ganhou o nome de Minha Vida é Um Show.

Ainda no podcast, Cátia Paganote contou ter pedido autorização para Xuxa Meneghel e para todas as ex-assistentes de palco da apresentadora na época em que começou a escrever o livro. Segundo ela, todas as ex-paquitas afirmaram que se ela colocasse nomes, iriam processá-la.

Publicidade