in

Pantanal frustra expectativas do público e mantém final triste de Irma e Trindade

Irma e Trindade terão final triste em Pantanal após Globo manter desfecho do casal.

Reprodução/TV Globo

Os próximos capítulos de Pantanal reservam fortes mudanças para Irma (Camila Morgado) e Trindade (Gabriel Sater). O casal caiu no gosto dos telespectadores, que torciam por um final diferente da versão original, porém, a Globo manterá o triste desfecho do casal.

Publicidade

A filha da falida Mariana (Selma Egrei) ficará grávida do peão de José Leôncio (Marcos Palmeira) e que tem um pacto com o cramulhão. Ao que tudo indica, ela dará à luz a um bebê “do mal”. Mesmo com o nascimento do filho, Trindade não deve permanecer na fazenda do “rei do gado”.

Irma e Trindade tem fim triste em Pantanal

Na primeira versão de Pantanal, exibida pela extinta TV Manchete, o casal foi vivido por Elaine Cristina e Almir Sater. Na trama original, eles viveram um intenso relacionamento e a personagem ficou grávida do peão. A gravidez foi cercada de mistérios, uma vez que acontecimentos estranhos começaram a acontecer na fazenda.

Publicidade

Mesmo que Irma e Trindade tenham um filho, eles não terminam juntos. Quem cuidou da mulher e do filho, depois de ele desaparecer, foi José Lucas, vivido por Paulo Gorgulho na versão da década de 90. Essa saída de Sater da novela serviu para ele se preparar para A História de Ana Raio e Zé Trovão.

Publicidade

Os telespectadores começaram a criar expectativas que dessa vez o casal teria um final diferente e feliz. Porém, Bruno Luperi, autor da versão original, não está mostrando disposição a criar tramas diferentes, seguindo à risca os principais desdobramentos da história escrita por seu avô, Benedito Ruy Barbosa.

Publicidade

Despedida de Trindade

O personagem de Gabriel Sater deve se despedir de Pantanal nos próximos capítulos. Ele escutará a sua viola tocando sozinha, arrumará as suas malas e desaparecerá. Bruno Luperi mostrou até agora que não mexeu em nada no texto do avô, apenas atualizou a questão da tecnologia, machismo, racismo e homofobia.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .