in

Antes de ocupar cargo público, Regina Duarte recusou convite da Globo

Com a recusa da atriz, Renata Sorrah ficou com o papel de uma das protagonistas da série As Filhas de Eva.

Isac Nóbrega / PR

Afastada da televisão desde que interpretou Madame Lucerne em Tempo de Amar, novela de Alcides Nogueira e Bia Corrêa do Lago, que a Rede Globo exibiu no horário das 18 horas no decorrer de 2017, Regina Duarte recusou o convite da emissora para ser uma das protagonistas da série As Filhas de Eva juntamente com Giovanna Antonelli e Sophie Charlotte.

Publicidade

Diante da recusa, Renata Sorrah foi escalada para substituí-la e ficou com o papel de Stella.

A eterna Namoradinha do Brasil não revelou os motivos que a fizeram não aceitar o convite do canal, que veio antes dela assumir a função de Secretária Especial da Cultura do atual governo, onde permaneceu somente alguns meses no cargo.

Publicidade

As gravações dos doze episódios de As Filhas de Eva aconteceram antes da pandemia causada pela Covid-19 e a série estreou na Globoplay em 2017.  Desde a última terça-feira, vem sendo exibida pela TV aberta.

Publicidade

No início de 2020, a atriz recebeu o convite para assumir esse posto político e, alegando sentir falta dos seus familiares pois passou a residir em Brasília, deixou a Secretaria Especial da Cultura após quatro meses.

Publicidade

Depois disso, Regina estava cotada para assumir a Cinemateca de São Paulo, mas sua nomeação acabou não se concretizando.

A sua permanência à frente da Secretaria foi bastante curta e marcada por um abaixo-assinado, onde mais de quinhentos artistas entre cantores, atores, roteiristas e demais profissionais do segmento afirmaram que Regina Duarte não tinha qualquer tipo de representatividade junto a eles.

Após a atriz aceitar o convite para assumir um posto no governo, o seu longo vínculo com a Rede Globo foi encerrado em fevereiro de 2020.

Publicidade