in

Juju Salimeni abre o jogo e diz que tinha salário de R$ 200 no Pânico: ‘Era super explorada’

A musa fitness diz acreditar que era explorada na época do Pânico e, inclusive, destaca que não voltaria a fazer as “loucuras” que fazia na atração.

Divulgação/Caras

Juju Salimeni participou do PodDelas, no Youtube, e abriu o coração ao relembrar a época em que integrava o elenco do Pânico. Ao comentar sobre o assunto, a musa fitness falou sobre as provas absurdas e desafios que teve que ser submetida no programa e ainda expôs o salário que ganhava na época.

Publicidade

“A gente ganhava R$ 200 por gravação”, revelou Juju Salimeni, destacando se tratar de um salário simbólico. “A gente era super explorada”, disparou Salimeni, deixando as apresentadoras do podcast chocadas com sua revelação.

Juju Salimeni disse ainda que, apesar disso, ela conseguia fechar o mês com uma boa renda, contudo, isso só era possível diante de outros trabalhos que fazia em paralelo ao programa. Além disso, a modelo, que foi eternizada como uma das maiores panicats que já integraram o elenco da atração, diz que não tinha nem ao menos um contrato de exclusividade com a emissora.

Publicidade

Ao ver de Salimeni, a atração servia mais como uma espécie de vitrine, destacando ter vivido uma fase muito boa de eventos, por isso, era muito contratada para fazer presença VIP. Diante disso, a modelo destaca que trabalhava muito com isso, por isso, conseguiu ganhar um bom salário mensal.

Publicidade

Ainda no podcast, a famosa destaca que não voltaria a repetir algumas coisas e loucuras que realizou no Pânico. “Hoje eu não faria mais nada”, completou Juju Salimeni, destacando as coisas nojentas que tinha que comer e os lugares que tinha que se jogar em aventuras de medo. Segundo a modelo, ela acredita ter pegado um trauma, por isso, não consegue fazer mais coisas do tipo.

Publicidade

Publicidade