in

Zaquieu retorna de surpresa ao Pantanal, recebe homenagem dos peões e conta história do seu passado para Filó

O mordomo continuará ajudando a companheira de José Leôncio com as tarefas da casa.

João Miguel Jr/Divulgação/TV Globo

Nos capítulos seguintes da novela Pantanal, Zaquieu deixará Mariana surpresa quando voltar de mala e cuia na chalana de Eugênio para a fazenda de José Leôncio. O personagem de Silvero Pereira dirá que ele agora só retorna ao Rio de Janeiro quando a mãe de Irma também voltar, pois, ele se sentiu muito sozinho na mansão dos Novães. O rapaz será muito bem recebido por José Leôncio.

Publicidade

O dono de terras chegará a mandar os funcionários fazerem uma roda de viola para recepcionar o mordomo, fazendo com que ele fique se sentindo muito a vontade no bioma.

No entanto, o rapaz não deixará de continuar ajudando Filó com as atividades da casa. Ele conquistará o coração da cozinheira quando falar sobre o seu passado. Segundo ele, sua mãe era doméstica e ele nasceu em uma cobertura duplex do Leblon.

Publicidade

A companheira de José Leôncio o questiona sobre o seu pai, e ele responde que não sabe nada sobre o homem, e nunca nem conseguiu descobrir quem ele era. O ex-funcionário da família Novaes dirá que ele veio ao mundo quando a sua mãe estava na dependência da empregada. Ele relata que no momento em que a bolsa dela estourou, seus patrões haviam saído para um jantar e, como ela não tinha contato com ninguém no Rio de Janeiro, acabou dando à luz sozinha no local.

Publicidade

“E nos primeiros anos da minha vida eu fui criado num chiqueirinho na lavanderia”, dirá. Nesse momento, Filó ficará comovida com a história narrada pelo rapaz.

Publicidade

Por fim, ele dirá que o patrão da sua mãe o adorava, e vivia pegando ele no colo. Mas, a vida deles ficarão muito difícil a partir do dia que ele chamou o dono da casa de pai. A patroa mandou a empregada para a rua com o filho e desde então eles ficarão indo de uma casa para outra.

Publicidade