in

Conrado estava consciente no momento do acidente e lembra da perda de Aleksandro: ‘Só queria sobreviver’

O sertanejo Conrado concedeu a sua primeira entrevista após se recuperar do grave acidente de ônibus que sofreu em maio.

G1/ Instagram

Conrado, da dupla com Aleksandro, concedeu a sua primeira entrevista após o trágico acidente que tirou a vida de seis pessoas, incluindo o seu parceiro de palco. Em entrevista ao Fantástico, da Globo, exibido no último domingo (11), o sertanejo lembrou ter entrado no ônibus, colocado seu celular para carregar e, em seguida, pegou no sono.

Publicidade

O cantor diz ter acordado com o barulho do freio do veículo, já no momento do acidente. Rapidamente, ele diz ter conseguido segurar em uma tábua que estava ao seu redor e, assim, evitou ter sido arremessado com o impacto da batida.

Enquanto equipes de resgate ajudavam as vítimas, Conrado contou ter pensado apenas no seu desejo de sair com vida do acidente. “Eu só queria sobreviver”, desabafou o sertanejo, ressaltando que, naquele momento, dizia: “Eu não quero morrer”.

Publicidade

Conrado sofreu fratura no quadril, contusão pulmonar, trauma abdominal, além de lesão nas costas, na região lombar e a perda de tecido muscular. O artista precisou passar por três intervenções cirúrgicas após o acidente e permaneceu internado por um mês e meio, 30 dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Publicidade

O cantor ainda comentou sobre a perda do parceiro de palco, Aleksandro. João Vitor, nome verdadeiro de Conrado, diz se lembrar de ter agradecido muito a Deus após acordar. O sertanejo afirma que estava consciente no momento do acidente, por isso, escutou sobre a perda do companheiro de dupla. Conrado diz que sua mãe estava ao seu lado no momento que ele acordou, e ele teria dito: “Que pena, eu perdi o Aleksandro”.

Publicidade

Publicidade