in

Hospital onde Klara Castanho fez parto do bebê toma decisão e situação é exposta

O Conselho de Enfermagem emitiu uma nota comunicando uma recusa da unidade.

Instagram Klara/saudebusiness/Montagem

Há poucos dias, a atriz Klara Castanho, de 21 anos, veio a público para abrir o coração sobre o abuso que sofreu. Segundo a famosa, o estupro resultou em uma gravidez e ela deu à luz em um hospital de São Paulo.

Publicidade

Em uma carta aberta em sua conta oficial do Instagram, Klara revelou que uma enfermeira ameaçou contar para a imprensa sobre seu caso, o que até então vinha sendo mantido em segredo, pois a atriz não queria expor a situação.

Recentemente, a história tomou um novo capítulo. O Hospital Brasil, instituição que recebeu Klara para fazer seu parto, se negou a mostrar ao Conselho de Enfermagem o prontuário médico da celebridade, o que é uma parte importante da investigação que visa responsabilizá os responsáveis pelo vazamento da gravidez.

Publicidade

De acordo com o hospital, as informações referidas só serão mostradas caso Klara dê autorização, o que até agora não teria acontecido. A decisão faz parte do Conselho Federal de Medicina e está de acordo com os princípios éticos da classe.

Publicidade

Ao receber a recusa da unidade e saúde, o Conselho de Enfermagem publicou uma nota nesta semana declarando que o hospital não deu a autorização para acesso aos documentos de Klara Castanho.

Publicidade

O acesso ao documento foi negado ao conselho pela instituição sob a justificativa de necessidade de autorização prévia da paciente, seguindo o previsto em resoluções do Conselho Federal de Medicina (CFM) e no Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem“, declarou o Coren.

Até o fechamento desta matéria, Klara não havia se manifestado sobre o assunto. A atriz vem se mantendo afastada das redes sociais desde que expôs sua carta aberta.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.