in

Piada que fez Léo Lins perder o emprego no SBT deixou a filha de Silvio Santos surpresa

Léo Lins foi demitido após a repercussão de um vídeo, em que cita o Teleton, e faz piada sobre menino com hidrocefalia.

Reprodução: Instagram / Divulgação: UOL

Léo Lins perdeu seu emprego no SBT após a repercussão de uma ‘piada’ sobre um menino com hidrocefalia. As informações foram divulgadas pelo portal de notícias Em Off. De acordo com a matéria, o Recursos Humanos (RH) da emissora informou ao humorista sobre sua demissão, na tarde de segunda-feira (4).

Publicidade

A decisão tomada pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) é definitiva, tendo em vista que a família de Silvio Santos comanda o Teleton, ação beneficente que arrecada dinheiro para manter unidades da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) abertas por todo o Brasil.

Ainda conforme o portal, Silvia Abravanel, que apresenta programas infantis no SBT, teria ficado surpresa com a fala do humorista, que integrava a equipe do The Noite, de Danilo Gentili. Vale lembrar que Silvia é mãe de Luana, de 23 anos, que nasceu com síndrome de galactosemia.

Publicidade

Entenda o caso

Publicidade

O comediante Léo Lins vem sendo duramente criticado, após a repercussão de um vídeo, em que ele faz fala, em uma de suas apresentações de comédia, sobre um menino com hidrocefalia. No vídeo, Lins começa citando o Teleton e, em seguida, conta a história de um garoto morador do Ceará.

Publicidade

Lins disse achar o Teleton muito legal, destacando que a ação ajuda crianças com diversos problemas. Na sequência do texto de stand-up, humorista diz ter visto um vídeo de um menino com hidrocefalia, que seria morador do interior do Ceará, afirmando que o lado bom seria que a cabeça do garoto é o único lugar com água na cidade.

Ao ser citada, a AACD divulgou uma nota de repúdio. “Em uma fala extremamente infeliz e bastante capacitista, ele ataca pessoas com hidrocefalia, chama as pessoas com deficiência de ‘crianças com vários tipos de problemas’ e mostra desrespeito aos moradores do Ceará“, diz um trecho da nota.

Publicidade