in

Milton Neves desabafa sobre golpe de R$ 17 milhões que sofreu de funcionário: ‘Me roubou devagarzinho’

Durante uma entrevista concedida ao programa Melhor da Tarde o apresentador falou sobre o golpe.

Foto: Reprodução YouTube

Milton Neves é um dos jornalistas de grande destaque na mídia brasileira. Conhecido por falar aquilo que pensa, ele é destaque há muitos anos na apresentação de programas esportivos. Ele concedeu uma entrevista recentemente e surpreendeu ao revelar o tamanho do prejuízo que sofreu por anos.

Publicidade

O apresentador relatou que foi vítima de um golpe praticado por um ex-funcionário. Ele foi lesado por décadas e o prejuízo foi de 17 milhões de reais, segundo informação de Milton Neves. Inclusive, levou quase 20 anos para que conseguisse perceber o rombo que existia em suas finanças. “Ele me roubou por 18 anos”, desabafou.

O apresentador falou sobre a situação durante sua participação no programa vespertino Melhor da Tarde, exibido pela Bandeirantes, nesta sexta-feira, 1º de julho. Ele ressaltou que o caso está na Justiça. O jornalista ressaltou que conhecia o funcionário que aplicou o golpe antes deles começarem a parceria de trabalho.

Publicidade

Inclusive, ele revelou que foi padrinho de formatura da classe do filho dele. “Ele estava desempregado, e a mãe dele procurou uma prima minha”, recordou o apresentador. Milton Neves disse que arrumou o emprego ao homem. “Eu coloquei um vampiro para cuidar do meu banco de sangue, então ele me roubou devagarzinho”.  

Publicidade

O apresentador contou que simplesmente assinava o que ele pedia. O famoso revelou que também foi lesado em seu cartão de crédito. Ele disse que foi um verdadeiro inferno em sua vida e frisou que não fazia conta. Milton disse que simplesmente acreditava nele. Quando buscou o contador para fazer a demissão do funcionário descobriu que o homem teria direito a 900 mil reais, mas optou por pagar R$ 1,5 milhão e depois mandou embora por justa causa.

Publicidade

O jornalista disse que ficou muito decepcionado por ter confiado no funcionário que acabou sendo um ladrão quieto.

Publicidade