in

Pantanal: cena de queimadas e animais perdendo a vida foram reais e chocaram os telespectadores

Velho do Rio ficou entre a vida e a morte por conta do incêndio que atingiu o Pantanal.

REPRODUÇÃO TV GLOBO

Os telespectadores que acompanham a novela Pantanal ficaram impactados com o capítulo que foi ao ar na noite da última terça-feira (28/06). O episódio mostrou o Velho do Rio (Osmar Prado) se deparando com uma forte queimada na região pantaneira que se alastrou rapidamente, matando um monte de animais.

Publicidade

As cenas chocantes são reais e mostram um incêndio que atingiu o pantanal entre 2019 e 2020. Na ocasião, foram destruídos aproximadamente 4 milhões de hectares, o que equivale a 26% do bioma da região. Para se ter uma ideia, a área destruída pelo fogo é maior que a dimensão total de um país como a Bélgica, por exemplo.

Os animais que foram mostrados mortos na novela foram só uma pequena amostra dos mais de 10 milhões que perderam a vida em decorrência do fogo. Fora os que morreram, o incêndio afetou a vida de pelo menos 4,6 bilhões de animais.

Publicidade

Na trama da TV Globo, o Velho do Rio se aproximou e tentou combater as chamas, que aparentemente foram criminosas. Sem muito sucesso, a entidade mística se transformou em sucuri e em sua última cena apareceu agonizando, já entre a vida e a morte.

Publicidade

No mesmo instante que o Velho do Rio agonizava em meio ao incêndio, seu filho José Leôncio (Marcos Palmeira) começou a ter um mal pressentimento. A agonia do pai de Jove (Jesuíta Barbosa) foi tão grande que o fazendeiro saiu para orar e pediu aos santos que tirassem aquela sensação ruim do peito dele.

Publicidade

Nas redes sociais, as cenas chocantes do incêndio ganharam repercussão: “Que cenas dilacerantes, e o pior é saber que isso aqui não é ficção“, disse uma usuária do Twitter.

Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com