in

Com a saída de Fátima Bernardes, Globo aumenta investimento no Encontro e apresenta novidades

Após 10 anos na apresentação do programa, Fátima Bernardes deixa o Encontro.

Reprodução/ Globo/ Daniela Toviansky

O novo formato do programa Encontro, que será conduzido por Patrícia Poeta e Manoel Soares, contará com várias novidades a partir de 4 de julho, após o Bom Dia Brasil. A atração, que será agora produzida e transmitida de São Paulo, terá maior qualidade em imagens e fotografia, com novas câmeras tecnologicamente mais avançadas do que as utilizadas atualmente com a apresentadora Fátima Bernardes, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Segundo informações de Patrícia Kogut, colunista do portal O Globo, a transmissão do matinal, feita diretamente nos estúdios Globo em São Paulo, permitirá que os apresentadores interajam mais com Michelle Loreto e Valéria Almeida, que comandam um quadro de saúde no programa, e estarão no mesmo cenário.

Os espectadores da plateia também terão mais espaço, com cerca de 80 lugares. O número de pessoas no auditório do programa será o maior desde as restrições impostas na emissora devido à crise sanitária da Covid-19, que começou em março de 2020.

Publicidade

Como parte das novidades, o programa irá valorizar a história dos espectadores que vão acompanhar o matinal televisivo presencialmente nos estúdios da Globo. Será exibido um vídeo mostrando a trajetória do convidado.

Publicidade

Ainda de acordo com O Globo, o novo formato do programa terá novidades na nuvem de palavras. Com a ajuda da tecnologia 3D, os tópicos de redes sociais mais comentados ganharão mais destaque no telão.

Publicidade

Fátima Bernardes deixa as manhãs da Globo depois de dez anos no comando do Encontro, e assumirá a apresentação da nova edição do The Voice Brasil, ainda este ano.

Publicidade