in

Fátima Bernardes sai em defesa de Klara Castanho e diz que a atriz teve um ‘gesto de amor’ ao doar o bebê

A atriz de 21 anos entregou a criança para a adoção após o seu nascimento.

TV Globo

Na sua última semana como titular do programa Encontro, Fátima Bernardes começou o matinal fazendo uma defesa sobre o caso da atriz Klara Castanho. Depois muitas especulações na internet, a atriz publicou uma carta aberta em que afirma ter sofrido um abuso, que culminou em uma gestação não planejada.

Publicidade

Assim que deu à luz ao bebê, a jovem de 21 anos entregou a criança para a adoção, tudo aconteceu de forma legal. Segundo a jornalista e apresentadora do programa, a atitude da atriz foi um gesto de amor.

Em tom de crítica, Fátima disse que a situação que aconteceu com Klara diz respeito somente à vida dela, e lamenta que isso acabou vazando e sendo exposto na mídia dessa maneira. “Considero [o que ela fez] um gesto de amor e preocupação com a criança”.

Publicidade

Assim que começou o matinal, Fátima recebeu Luciana Temer, que levanta a bandeira contra a exploração de crianças e adolescentes no Brasil. Para a convidada, a decisão da atriz em entregar a criança para à adoção logo após o seu nascimento deve ter sido muito difícil e ressaltou que tudo aconteceu dentro dos trâmites legais. 

Publicidade

Porém, ela lamentou as atitudes das pessoas que trabalham no hospital em que Klara ficou internada, assim como os jornalistas e comunicadores que falaram sobre a situação vivenciada pela famosa e sobre o bebê antes mesmo dela contar a sua versão dos fatos. Para Luciana Temer, essas pessoas precisam ser penalizadas, já que isso se caracteriza como uma violação à privacidade. Além de ser antiético, também é ilegal e as pessoas devem ser responsabilizadas para que isso não volte a se repetir.

Publicidade
Publicidade