in

Fontenelle diz que a Globo manipulou matéria sobre Klara Castanho e pede para Cabrini prender o abusador

A youtuber foi citada por reportagem do Fantástico sobre o caso de Klara Castanho e se pronunciou na web.

Instagram Antonia Fontenelle

A apresentadora Antonia Fontenelle rebateu a TV Globo depois que o seu nome foi citado durante uma reportagem do Fantástico na noite de ontem (26). Na ocasião, o dominical a apontou como uma das pessoas que influenciaram para que o estupro sofrido por Klara Castanho viesse a público.

Publicidade

Embora tenha sido uma das primeiras pessoas famosas a falar sobre o caso na internet, a ex-mulher de Marcos Paulo declarou que não teve culpa quando as informações foram vazadas. Ela ainda solicitou que Roberto Cabrini  investigue o caso até encontrar o homem que cometeu o abuso.

Por meio dos Stories em seu perfil no Instagram, Antonia disse: “Eu acabei de ver uma matéria, que eu diria covarde, no Fantástico, me atacando, citando meu nome como a vilã de uma história macabra”.

Publicidade

Antonia se defendeu dizendo que não foi ela quem começou essa história e que já estava sabendo de tudo há um tempo, mas só se manifestou sobre o caso quando viu que outras pessoas já estavam comentando, como alguns colunistas. Para ela, o vilão disso tudo é o abusador e é nele que as pessoas precisam focar nesse momento, mas muitos não querem falar sobre isso.

Publicidade

Fontenelle ressaltou que a Globo não está preocupada em saber quem foi a pessoa que cometeu o crime. Em seguida, ela solicitou a ajuda de Cabrini para prender o abusador. Na carta aberta que escreveu, Klara alega que não registrou o boletim de ocorrência devido à vergonha e culpa que sentiu após o ocorrido.

Publicidade

A loira disse que enquanto a emissora carioca está querendo atribuir a culpa a quem é inocente, existe um criminoso em liberdade aterrorizando outras mulheres e ninguém pensou nisso até agora.

Publicidade