in

Iran Malfitano, o Orladinho de A Favorita, quer retornar à televisão o mais rápido possível

Afastado da Rede Globo há 14 anos, o ator chegou a trabalhar como motorista de aplicativo.

Reprodução / Instagram

Iran Malfitano, que pode ser visto como o homossexual Orlandinho a reprise de A Favorita, que a Rede Globo vem reprisando no Vale a Pena Ver de Novo, não esconde que deseja retornar à televisão o mais depressa possível.

Publicidade

Em relação aos trabalhos que já realizou, o ator declarou: “Eu me satisfaço muito e me empenho demais. Gostaria de fazer todos os personagens que ainda não fiz, cada um tem sua particularidade. Tenho alguns atores que gostaria de contracenar, como Tony Ramos e Antonio Fagundes. E sou feliz com os amigos que a arte me deu como Gracindo Júnior e Jackson Antunes”.

Seu último trabalho na televisão foi em Gênesis, novela bíblica exibida pela Record TV em 2021 quando interpretou Tubalcaim.

Publicidade

Durante a pandemia, Iran ficou sem trabalho e para sobreviver exerceu a função de motorista de aplicativo num breve período de quatro a cinco meses.

Publicidade

Na época, o ator revelou que precisava trabalhar, e como não estava recebendo nenhum convite, preferiu não permanecer em casa e resolveu ocupar o seu tempo, pois para ele “Mente vazia não é muito bom“.

Publicidade

Na Rede Globo, emissora da qual está afastado há quatorze anos, o ator integrou o elenco de Malhação, Laços de Família, Kubanacan, Bang Bang, Cobras e Lagartos e A Favorita.

Na Rede TV, seu único trabalho foi na versão brasileira de Donas de Casa Desesperadas, que teve apenas uma temporada.

Contratado pela Record TV, ele participou do elenco de Bela, A Feia e de algumas novelas bíblicas como Rei Davi, José do Egito, Os Dez Mandamentos, A Terra Prometida e Gênesis, entre outras.

Relembrando o seu trabalho em A Favorita, Iran declarou que o Orlandinho foi muito marcante em sua carreira, pois seria uma participação especial e acabou ficando até o fim da novela. Além disso, teve a oportunidade de contracenar com Cauã Reymond, Suely Franco e Deborah Secco.

Aos 40 anos, o ator é casado com Elaine Albano, diretora de marketing. Os dois são pais de Laura, filha única do casal.

    
    
    

Publicidade