in

Jornalista Renata Capucci fala sobre descoberta de doença incurável: ‘Fui diagnosticada com doença de Parkinson’

A jornalista revelou o diagnóstico e relatou como encara a doença hoje em dia.

Reprodução TV Globo

A jornalista Renata Capucci revelou que foi diagnosticada com a Doença de Parkinson. Ela descobriu a enfermidade há quatro anos, quando tinha 45 anos de idade. O fato foi revelado no podcast Isso é Fantástico, deste último domingo, 26 de junho. O bate-papo era sobre enfermidades neurodegenerativas.

Publicidade

Renata falou sobre a libertação ao expor a doença e fez questão de ressaltar o quanto era ruim viver com esse segredo. “Você se sente vivendo uma vida fake, porque parte de você é de um jeito e você fica escondendo a outra parte de outras pessoas. Eu fui diagnosticada com doença de Parkinson em outubro de 2018, quando eu tinha 45 anos. Hoje, eu tenho 49″, desabafou a jornalista.

Ela relatou que descobriu a doença quando gravava o programa Popstar. Vale ressaltar que a jornalista foi uma das finalistas da atração e foi justamente quando surgiram os primeiros sintomas.  Renata disse que os sintomas começaram um pouco antes de sua participação no reality musical. De acordo com a jornalista, as pessoas perguntavam porque estava mancando, porém não percebia.

Publicidade

Foi então que chegou a fazer fisioterapia, osteopatia e não viu nenhuma mudança. Um dia o braço subiu enrijecido sozinho. Ela foi levada pelo marido ao hospital especializado em emergência neurológica e foi diagnosticada com a Doença de Parkinson. Renata falou sobre a sensação que teve quando recebeu a informação: “Aquilo caiu como uma bigorna em cima da minha cabeça”.

Publicidade

Segundo os dados da OMS – Organização Mundial de Saúde, é estimado que no país haja em torno de 200 mil pessoas com a enfermidade. Entre 10 a 15% dos pacientes diagnosticados com a condição tem menos de 50 anos de idade. A jornalista relatou que hoje em dia está bem e frisou não querer que ninguém tenha pena dela.

Publicidade

Renata disse ter orgulho de sua trajetória e da maneira como decidiu encarar a enfermidade. Inclusive, ela contou que passou por todas as fases difíceis, como a depressão e negação.

Publicidade