in

Em Pantanal, Filó expõe segredo guardado a sete chaves e deixa Maria Bruaca em choque

A dona de casa fará um desabafo comovente sobre seu passado; ela enfrentou triste situação e não foi amparada pela família.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Em Pantanal, Filó revelará um segredo guardado a sete chaves em uma conversa com Maria Bruaca e Irma. A dona de casa relembrará o passado e contará que foi vítima de um abuso sexual e que foi expulsa de casa por seus pais aos 12 anos. A mãe de Guta ficará perplexa com a confissão da interiorana.

Publicidade

A mãe de Tadeu se abrirá com as duas mulheres ao falar sobre o comportamento de certos homens. Na ocasião, Filó revelará que sua própria família não a apoiou no momento mais difícil de sua vida e que foi expulsa de casa. Sem ter para onde ir, ela acabou sendo acolhida por uma currutela.

Maria Bruaca ficará em choque com o relato da dona de casa e dirá assustada: “Ocê já teve numa casa de currutela?”. Filó, por sua vez, dirá que foi mulher da vida por muito tempo, porque não teve escolha. Ela contará que foi levada a força para o local. “Com doze ano eu já num tinha mais cabaço”, dirá a mãe de Tadeu. A mulher de Tenório questionará a mãe de Tadeu onde ela conheceu José Leôncio. A dona de casa dirá com ironia que conheceu o fazendeiro na currutela e que ele que a resgatou do lugar.

Publicidade

Ainda espantada com a revelação de Filó, a mãe de Guta dirá que com 12 anos brincava de boneca e que não sabia nada a respeito de assuntos de cunho sexual. A dona de casa dirá que não foi se prostituir por vontade própria, mas sim por necessidade. A interiorana lamentará a situação e dirá que isso acontece com muitas meninas. “Eu fui pega à força e cabei caíno na vida por causa disso… Como tantas outras minina por aí afora”, revelará a pantaneira.

Publicidade

Filó também revelará que sua família apoiou o homem que a abusou e que ele seguiu sua vida normalmente enquanto ela foi obrigada a deixar seu lar. Ela contará que era apenas uma menina e que ainda não tinha desenvolvido corpo de uma mulher. “Num tinha nem corpo formado”, dirá a mulher. Irma se solidarizará com a violência sofrida pela dona de casa e lamentará a situação vivenciada por Filó. A mãe de Tadeu ressaltará que a sociedade é machista e que os homens sempre conseguem se safar.

Publicidade

Publicidade