in

Em Pantanal, Velho do Rio conta história por trás do nascimento de Juma e faz revelação: ‘Eu ia te criá’

A entidade revelará a jovem que tinha planos de criá-la como se fosse sua filha, mas foi impedido por Maria Marruá.

TV Globo

Em Pantanal, Juma descobrirá que a sucuri, que estava próximo dela quando nasceu, era o Velho do Rio. A jovem ficará sabendo da verdadeira história por trás de seu nascimento e descobrirá que a entidade sempre a acompanhou, desde pequena. A mulher-onça chegará a questionar o encantado se ele queria matá-la.

Publicidade

Nos próximos capítulos do folhetim de Bruno Luperi, o Velho do Rio sofrerá queimaduras graves, por conta de um incêndio criminoso no bioma. Na ocasião, a entidade tentará proteger o pantanal, mas acabará sendo uma das vítimas da tragédia. O homem-sucuri será socorrido pelos bombeiros e levado para um centro de tratamento de animais. Contudo, ele se transformará e conseguirá fugir do local.

Ferido, o Velho do Rio procurará abrigo na tapera de Juma e implorará a jovem para que ela cuide dele. Durante o tempo que ficar hospedado no casebre da mulher-onça, o encantado dirá que quase foi a primeira vítima de Maria Marruá. Na ocasião, a entidade revelará que sempre acompanhou Juma desde seu nascimento. O homem-cobra dirá que viu quando a esposa de Gil deu à luz dentro da canoa e abandonou a filha.

Publicidade

Contudo, a pantaneira acabou se arrependendo de ter deixado a criança e foi até a canoa, onde havia deixado a recém-nascida. Na hora que voltou, a interiorana se deparou com uma enorme sucuri em torno da menina. Para defender sua cria, Maria Marruá virou onça pela primeira vez. “Se atirô nessas água, esquecêno dos perigo, e lutô até ‘rancá, nos dente, a sucuri que tava em vorta d’ocê “, revelará a entidade.

Publicidade

O Velho do Rio aproveitará o momento para revelar que a sucuri que estava na canoa era ele. Assustada, Juma perguntará ao encantado se ele iria dar um fim nela. O homem-sucuri negará e dirá que tinha planos de cuidar do bebê. “Eu ia te cuidá. Eu ia te criá. Como se fosse minha. Acabô que eu quase virei a primêra presa de Maria Marruá”, revelará a entidade.

Publicidade

Publicidade