in

Após empresário fechar contrato milionário, estado da casa do Luva de Pedreiro é de cortar o coração

A casa do influenciador por dentro é bem contrastante dos contratos que ele assinou.

REPRODUÇÃO METRÓPOLES

A coluna de Leo Dias, do site Metrópoles, foi atrás e conseguiu gravar um vídeo mostrando como é a casa do influencer Luva de Pedreiro por dentro. Como se sabe, o jovem coleciona milhões de seguidores no mundo inteiro, mas desde que estourou nas redes sociais, Iran Ferreira continua morando no mesmo local, sem sequer ter feito alguma reforma.

Publicidade

Segundo as apurações do colunista, o jovem assinou contratos milionários com empresas como a Pepsi e a Prime Vídeo, mas mesmo assim em suas contas bancárias só entraram R$ 7,5 mil.

O vídeo do site Metrópoles mostra o interior da casa do Luva de Pedreiro, que é bem contrastante com o que o influenciador representa nas redes sociais. Os únicos sinais de reforma na casa, foram feitos com os recursos do pai de Iran. A residência é bem simples, com muita obra por fazer e alguns dos cômodos se encontram sem porta.

Publicidade

Somente pelos dois contratos já citados, Luva de Pedreiro teria direito a receber R$1,3 milhão, mas não há a informação de onde esse dinheiro foi parar. Para piorar a situação, o empresário Allan Jesus, que esteve por trás dos negócios, está ameaçando cobrar R$5,2 milhões do influenciador por quebra de contrato. O contrato de exclusividade do Luva de Pedreiro com Allan Jesus seria de 6 anos.

Publicidade

Veja abaixo como é a casa do Luva de Pedreiro por dentro

https://www.instagram.com/reel/CfJoNutIROB/?igshid=MDJmNzVkMjY%3D

Publicidade

A desconfiança por conta do dinheiro nunca chegar em sua mão, fez com que o influenciador chegasse em seu limite no último domingo. Após fazer uma live dizendo que estava cansado, Luva de Pedreiro parou de seguir o empresário e tirou as menções dele de seu perfil.

Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com