in

Alanis Guillen, a Juma de Pantanal, comenta triângulo amoroso na trama: ‘Desejo carnal’

A atriz comentou sobre a relação da personagem Juma com Jove e José Lucas, ressaltando haver muita profundidade nesse triângulo amoroso.

Globo

Alania Guillen, que era conhecida pelo país como ex-Malhação, viu sua carreira como atriz alavancar após começar a dar vida a Juma, de Pantanal, novela que está fazendo muito sucesso no horário nobre na Globo.

Publicidade

Ao comentar sobre o folhetim, a atriz destacou se tratar de uma trama que acaba gerando um catarse forte em todos, já que se trata de uma novela que não aponta nada, mas provoca, despertando nas pessoas sentimentos mais humanos e contraditórios.

Guillen afirmou não perder nenhum capítulo de Pantanal e confessou se divertir com os comentários dos internautas nas redes sociais. A atriz contou que o retorno tem sido de muito encantamento e carinho. Além disso, ela ressalta que a melhor e maior surpresa é ver que Pantanal tem envolvido pessoas de todas idades, tribos e lugares do país.

Publicidade

O que vai acontecer com Juma?

Nos últimos capítulos de Pantanal que foram ao ar na emissora carioca, o marasmo na vida de Juma e ainda a decisão dela entre os filhos de José Leôncio (Marcos Palmeira), José Lucas (Irandhir Santos) e Jove (Jesuíta Barbosa), acabou desagradando parte dos espectadores.

Publicidade

Mesmo assim, Alanis Guillen destaca haver profundidade no triângulo amoroso que envolve Juma, Jove e José Lucas. Ao ver da atriz, Juma sente apenas tensão sexual pelo ex-caminhoneiro. “José Lucas de Nada provoca desejo carnal”, aponta Alanis, ressaltando acreditar que, na verdade, a menina-onça sente amor pelo Joventino.

Publicidade

No entanto, na opinião da atriz, a personagem não entende muito bem a sensação que José Lucas a provoca, por isso, se revolta sem saber como pode amar Jove e desejar o ex-caminhoneiro.

Publicidade