in

Conrado recebe alta após quase dois meses de trágico acidente que vitimou Aleksandro

Cantor teve a liberação no Hospital de Registro e agora viajará para Londrina, onde continuará o tratamento.

Instagram Conrado

A notícia mais aguardada por familiares e fãs do cantor Conrado foi divulgada nesta quarta-feira (22). Depois de um mês e meio internado no Hospital Regional de Registro, em São Paulo, o artista recebeu alta médica e pôde retornar ao seio da família.

Publicidade

Nas duas últimas semanas, o sertanejo se encontrava em um leito comum na unidade, após passar um longo período internado na UTI do mesmo hospital. Conrado e a banda da dupla com Aleksandro foi vítima de um trágico acidente, que ceifou a vida do seu companheiro de palco e de outras quatro pessoas.

A informação sobre a alta hospitalar foi confirmada pela assessoria da dupla ao portal Splash, do UOL. Além de Conrado, o músico Julio Cesar Bigoli, que também estava internado no mesmo hospital, recebeu alta. Os dois agora irão realizar a etapa de reabilitação em Londrina, cidade do Paraná. 

Publicidade

Conrado e Julio estavam internados desde o fatídico dia 7 de maio, quando o ônibus que transportava a equipe tombou na rodovia Regis Bittencourt, rumo ao interior de São Paulo, onde a dupla se apresentaria.

Publicidade

Aleksandro teve morte constatada ainda no local, bem como outras quatro pessoas que estavam no veículo, que perdeu o controle após o pneu dianteiro estourar.

Publicidade

Em um primeiro momento, a assessoria da dupla havia informado que Conrado tinha tido ferimentos leves, algo diferente do que foi constatado quando o artista deu entrada no Hospital de Registro. 

Motorista desabafa

Em entrevista recente para a Record, o condutor do ônibus da dupla, Valdoir Euripedes da Silva, trouxe detalhes do drama vivenciado no dia 7 de maio, e se isentou de culpa sobre o ocorrido. 

“Eu sei que eu não tenho culpa. Não tenho culpa porque o pneu explodiu e eu perdi a direção“, disse o motorista.

Publicidade