in

Renata e Bonner abrem o Jornal Nacional e primeira manchete sobre dois falecimentos dá o que falar

Jornal Nacional levou ao ar reportagem sobre investigação de morte que tem agitado o Brasil.

Reprodução Globo

Renata Vasconcellos e William Bonner comandaram o Jornal Nacional desta terça-feira (21) e a primeira manchete do telejornal exibido pela TV Globo no horário nobre foi muito importante e chamou a atenção dos telespectadores.

Publicidade

Na escalada do Jornal Nacional, a notícia mais importante do dia sempre é a da primeira manchete. Na edição, Renata Vasconcellos começou o telejornal mais assistido da TV brasileira falando sobre a morte de duas pessoas que têm repercutido muito em todo o país.

“Polícia Federal investiga o envolvimento de traficantes de drogas e pescadores ilegais na morte do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Philips”, anunciou Renata Vasconcellos. Os dois foram mortos na Amazônia e a PF investiga o crime. Suspeitos foram presos e confessaram o crime.

Publicidade

O Jornal Nacional tem levado ao ar diariamente notícias sobre o caso que repercutiu no Brasil e fora do país. Dom Philips era britânico e estava fazendo uma reportagem na região. Bruno Pereira já havia atuado no Ibama, de onde acabou demitido. O Jornal Nacional teve acesso à reconstituição da cena do crime. 

Publicidade

O JN é exibido pela TV Globo de segunda a sábado, antes da novela das 21h. Com Pantanal no ar, a audiência do Jornal Nacional voltou a subir. Muitos telespectadores assistem ao telejornal e depois à novela. Outros ligam a TV pouco antes de começar Pantanal, o que faz a audiência do jornalístico de Bonner e Renata crescer. A dupla comanda o JN desde 2014. Recentemente, Bonner desmentiu boatos de que estaria de saída do Jornal Nacional.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!