in

Após briga de Simone e Simaria, empresário coloca a boca no trombone e cita duplas que não se gostam

Após a polêmica envolvendo as coleguinhas, contratante de shows cita outras duplas que não se gostam.

Divulgação / Júlio Cesar Fernandes

Nesta segunda-feira (20), Paulo Tear, empresário e contratante de shows sertanejos, do estado da Bahia, se manifestou por meio de um áudio, no aplicativo WhatsApp, onde citou nomes de duplas sertanejas que se odeiam.

Publicidade

Segundo o jornalista Leo Dias, o empresário enviou uma mensagem de voz para um grupo do aplicativo, a mensagem acabou vazando e gerou grande repercussão no mundo sertanejo. O contratante de shows, revoltado, falou de várias duplas sertanejas que não se gostam, mas que cumprem seus contratos sem quaisquer adversidades.

Tudo começou, após a polêmica envolvendo as irmãs, Simone e Simaria. Depois de uma série de desentendimentos das coleguinhas, Simaria se afastou dos palcos e deixou a irmã cumprindo a agenda de shows sozinha.

Publicidade

No áudio, o empresário afirmou que grandes cantores sertanejos se odeiam, como Bruno e Marrone e Zezé Di Camargo e Luciano, mas cumprem todos os afazeres como se estivesse tudo bem entre eles.

Publicidade

Afirmou ainda, que como a cantora Simaria não está cumprindo sua agenda, ela deveria ficar sem receber o cachê, pois não é justo ser paga para ficar em casa. Ainda na mensagem de voz, o empresário expôs a situação e falou como ele faria caso fosse prefeito. Segundo ele, diminuiria o valor do cachê, tendo em vista que falta uma cantora no show.

Publicidade

Paulo Tear, é empresário, no nordeste, de grandes cantores sertanejos como Leonardo e Eduardo Costa. Seu perfil do Instagram conta com mais de 25 mil seguidores e ele está no ranking de um dos maiores influenciadores digitais da região. Além disso, o empresário trabalha como produtor e apresentador.

Publicidade