in

Cantora gospel Bruna Karla é alvo de críticas de famosos na internet por supostas falas homofóbicas em podcast

A gravação foi feita em dezembro, mas os vídeos viralizaram ontem (16).

Youtube Positivamente podcast

Uma das maiores referências da música gospel, Bruna Karla se tornou alvo de críticas nas redes sociais ontem (16), devido a alguns comentários supostamente homofóbicos ditos por ela em dezembro do ano passado. Durante entrevista para o Positivamente podcast no YouTube, a bela fez algumas declarações consideradas ofensivas sobre a união de pessoas do mesmo sexo.

Publicidade

Na internet, alguns artistas e celebridades fizeram críticas ao discurso da cantora. Entre alguns nomes conhecidos do público estão: Gil do Vigor, Valesca Popozuda e Ana Paula Renault.

Quando deu a entrevista, Bruna declarou: “Teve um amigo que me perguntou: ‘Bruna, quando eu me casar, você vai no meu casamento?’ e eu olhei para ele, fui bem sincera e disse: ‘Ah, quando você se casar com uma mulher linda e cheia do poder de Deus, eu vou, sim'”.

Publicidade

Em seguida, ela explicou que tem muita liberdade para conversar sobre esse assunto com seu amigo de longa data. Segundo ela, no dia em que ela disser sim, para cantar em um casamento com pessoas do mesmo sexo, ela para de cantar sobre a Bíblia e sobre aquilo que Jesus ensinou, porque será muito contraditório.

Publicidade

Há três anos, o Supremo Tribunal Federal determinou que as declarações homofóbicas estão enquadradas no mesmo crime que racismo, e a pena pode variar de 1 a 3 anos.

Publicidade

Após toda a repercussão do vídeo, o ex-BBB Gil do Vigor escreveu que na frente de Jesus quem deve sentir vergonha são as pessoas que tem atitudes preconceituosas, e não os amigos da cantora que são gays. Ele argumentou que na Bíblia também diz que Deus chama a todos de amigo, e essa palavra é muito forte para ser sustentada pelo preconceito e falta de amor ao próximo.

Para os cristãos com a sua base de fé fundamentada na Bíblia, o amor de Jesus é condicional, ou seja, não chama a todos de amigos, pois a todos Deus deu o livre arbítrio, e a condição é crer, aceitar e permanecer nEle como testifica Hebreus 12:14: “Sem santificação ninguém verá a Deus”.

Publicidade