in

Astro de Riverdale tirou a vida da mãe e tinha planos de assassinato contra o primeiro-ministro do Canadá

Jovem pode ser condenado à prisão perpétua; ele assumiu o crime contra a mãe.

Netflix

O ator Ryan Granthan, foi responsável por tirar a vida da própria mãe e ainda planejava matar o primeiro-ministro da Canadá, Justin Trudeau. Conforme informações da CBC News, o astro da série Riverdale está sendo julgado pelo crime que cometeu. Ele mesmo teria confessado seus atos para as autoridades, acredita-se que ele será condenado à prisão perpétua.

Publicidade

O artista ganhou fama após interpretar Jeffery Augustine na série Riverdale. Segundo os promotores que estão atuando no caso do rapaz, Ryan teria matado sua mãe, em março de 2020, dando um tiro na sua cabeça, no momento em que ela estava de costas, tocando piano. Depois de cometer o crime cruel, o ator teria pegado dinheiro para comprar drogas e alguns explosivos.

Em seguida, ficou um tempo assistindo televisão. Na sequência, teria coberto o corpo da senhora com um lençol e ido dormir. Na manhã seguinte, ele deixou algumas velas em volta do corpo da vítima e saiu de casa para tirar a vida de Trudeau.

Publicidade

No carro do jovem, foram encontrados algumas armas e munições, além de material de acampamento com um mapa contendo instruções de como ele faria para chegar até a residência do primeiro-ministro. No entanto, o ator teria mudado de ideia e pensou em fazer um massacre no local em que ele fazia faculdade. Durante o trajeto, ele desistiu e foi até uma delegacia confessar seus crimes.

Publicidade

O corpo da mãe dele foi encontrado pela irmã dele na manhã seguinte. A moça foi até a casa da mãe ao perceber que ela não respondia suas mensagens e nem atendia suas ligações. Para os promotores, o rapaz alegou que sofria com alguns impulsos de violência e crises de ansiedade.

Publicidade
Publicidade