in

Apresentadora alega assédio, processa a Globo e Justiça condena emissora em R$ 1 milhão

Globo foi condenada pela Justiça de Minas Gerais após apresentadora mover processo por assédio moral.

Reprodução Globo

A TV Globo foi processada por uma apresentadora que deixou a emissora. Carina Pereira comandava o Globo Esporte em Minas Gerais. A apresentadora alegou que sofreu assédio moral por um antigo chefe dentro da emissora e entrou com processo.

Publicidade

De acordo com informações do Natelinha, a Globo perdeu a disputa e terá que pagar R$ 1 milhão para Carina Pereira. A decisão foi tomada pelo juiz Luiz Campos Rodrigues. O magistrado entendeu que a ex-funcionária da Globo foi vítima do antigo chefe.

Ela teria sofrido discriminação em razão de ser mulher. A decisão da Justiça foi divulgada no fim de semana. No despacho, o juiz disse ainda que a emissora deve ter uma área de “compliance”. A Globo mantém este departamento, que atua na investigação de casos internos.

Publicidade

O “compliance” da Globo atuou, por exemplo, na investigação das denúncias feitas contra o ex-diretor do núcleo de humor da emissora, Marcius Melhem. A emissora não comenta sobre os casos internos que são analisados por esta área.

Publicidade

Globo pode recorrer de condenação por assédio moral contra apresentadora

A emissora foi condenada a pagar R$ 1 milhão para a apresentadora Carina Pereira, após denúncia por caso de assédio moral realizada por um antigo chefe da jornalista dentro da Globo. A apresentadora também moveu ação cobrando adicional noturno, horas extras, abono, feriados e participação nos lucros e resultados. A Globo pode recorrer da decisão que foi tomada pela Justiça de Minas Gerais. Carina Pereira deixou a emissora em janeiro do ano passado.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!