in

Demitido da Rede Globo, Marco Luque pode ir para A Praça é Nossa

Porém, problemas financeiros podem atrapalhar a sua contratação para atuar no humorístico.

Divulgação

Demitido da Rede Globo após o fim do Zig Zig Arena, programa comandado por Fernanda Gentil, que não obteve o êxito esperado, Marco Luque já estaria em negociações com o SBT e seria um dos novos contratados de A Praça é Nossa, humorístico que a emissora exibe nas noites de quinta-feira e alcança bons índices de audiência no horário.

Publicidade

O humorista já esteve nas dependências do SBT, onde se submeteu a alguns testes. Porém, a sua contratação corre sério risco de esbarrar em problemas financeiros. Segundo Carlos Alberto de Nóbrega: “Agora vai acontecer o seguinte… O Marco Luque saiu da Globo. O Cris Pereira e a Marlei Cevada são amigos dele e convidaram ele para fazer A Praça. Meu filho ligou pra ele e já fechou. Só que ele vai semana que vem. Eu não sei se vamos poder contratá-lo. Eu não tenho verba. A gente tem verba anual e talvez em 2023 a gente consiga.”

Aos 48 anos, Marco Luque tentou ser jogador de futebol, mas resolveu enveredar pelo humor e estreou na televisão no decorrer de 2006. Durante sete anos integrou a bancada do CQC, programa, que era exibido pela Band.

Publicidade

Contratado pela Globo, participou do Altas Horas, onde a cada semana mostrava um dos seus muitos personagens. Fez parte do elenco do Vai Que Cola, no canal Multishow e dos humorísticos Zorra e Escolinha do Professor Raimundo, onde interpretou Nerso da Capitinga, Patropi e Jackson Five.

Publicidade

Também atuou em seis filmes e em alguns espetáculos teatrais, inclusive da Terça Insana, mostrando a sua versatilidade ao exibir os doze personagens que já criou.

Publicidade
Publicidade