in

Acusada de racismo, Talitha Morete quebra o silêncio e dispara: ‘É isso que posso e devo’

A apresentadora usou o Instagram para se desculpar após a repercussão negativa de um trecho do É De Casa de sábado (11) .

Reprodução/TV Globo

No sábado (11), uma cena do É De Casa acabou chamando a atenção dos internautas e rendeu uma verdadeira polêmica nas redes sociais. Isso, depois que uma atitude da jornalista Talitha Morete com uma das convidadas da atração foi apontada como “racismo estrutural”. Após a repercussão do caso, nesta terça-feira (14), a apresentadora usou o seu perfil no Instagram para pedir desculpas pelo ocorrido.

Publicidade

Antes de ir até às redes sociais, Talitha disse ter procurado dona Silene, convidada com quem teve o suposto ato racista, para pedir desculpas a ela. Além disso, a apresentadora disse querer se desculpar com todas as pessoas e com seus fãs pela sua fala no programa de sábado (11). “Errei e não há nada a ser dito para justificar”, disparou ela, ressaltando que a única coisa que poderia fazer era pedir desculpas.

Talitha Morete afirmou que está refletindo desde sábado (11) a respeito do lugar que ela ocupou neste contexto. Diante disso, a comunicadora expressou seu desejo de transformar esse episódio em um aprendizado e compromisso de uma vigília antirracista. “é isso que posso e devo fazer”, concluiu.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

A apresentadora aproveitou o momento para agradecer ao apresentador Manoel Soares, com quem divide o palco do É De Casa, pelo cuidado e sensibilidade que ele teve com dona Silene. A artista destacou ser importante quando há um grupo diverso que acaba comprovando como o mundo pode ser melhor quando todos são incluídos.

Manoel logo prestou apoio à colega de profissão por meio dos comentários, ressaltando que o mais importante é que Silene esteja bem diante de toda a exposição do episódio.

Publicidade