in

Dona da marca ‘As Patroas’ diz estar sendo ameaçada por fãs de Maiara e Maraisa após decisão da Justiça

A dupla pretendia seguir com o projeto As Patroas, que começou com uma parceria com Marília Mendonça.

Reprodução Instagram / @maiaraemaraisa

Daisy Soares, que conseguiu uma decisão na Justiça impedindo Maiara e Maraisa de continuarem usando a marca ‘As Patroas’ no último dia 8, tem sofrido alguns ataques na internet por vários fãs da dupla sertaneja. A cantora baiana afirma que possui o registro do termo, já que tem uma banda de forró desde 2013, conseguindo oficializar no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, quatro anos depois.

Publicidade

Segundo informações do jornal O Globo, Daisy tem recebido várias ofensas do tipo: “tinha que ser baiana” e “ai se eu te encontro na rua”, desde que o caso se tornou público.

Daisy relatou que, na semana passada, ela tinha um show para ser feito em um shopping, logo, os fãs da dupla teriam ligado lá fazendo ameaças ao estabelecimento e exigindo que o show fosse cancelado no local. Em seguida, o contratante teria ligado para ela, querendo saber o que havia acontecido. “Eles estão furiosos, achando que eu estou as impedindo de usar uma marca que é delas. Eles dizem: “Não adianta colocar na Justiça porque você nunca vai ser patroa”, revelou.

Publicidade

A baiana contou que está com medo de sofrer retaliação quando estiver se apresentando na banda. Segundo ela, estaria tentando resolver essa situação sobre a marca de maneira amigável desde 2020. Ela contou que assim que soube que o empresário da dupla e de Marília Mendonça estava tentando registrar a marca que pertence a ela, entrou em contato com ele.

Publicidade

Uma reunião teria sido realizada em outubro do ano passado, na tentativa que um acordo fosse feito, mas sem sucesso. Depois disso, ela entrou na Justiça e conseguiu provar por meio de documentos que a marca pertence a ela, impedindo que a dupla possa utilizar o termo seja de forma física ou virtual nos seus trabalhos.

Publicidade
Publicidade