in

Caso Carlinhos Maia: após 2 dias preso, polícia solta suspeito de roubar casa do humorista e explica decisão

Os outros dois homens que teriam invadido a casa do famoso permanecem presos.

GLOBO/MONTAGEM

No dia 29 de maio, criminosos invadiram o apartamento do humorista Carlinhos Maia. Os bandidos teriam pulado o muro do condomínio onde vive o artista e seu companheiro, o influenciador digital Lucas Guimarães.

Publicidade

A casa fica localizada em Maceió, no Alagoas. Os bandidos conseguiram adentrar ao quarto dos influenciadores e levar, em bens, o equivalente a R$ 5 milhões, incluindo um relógio e um colar de diamantes.

Na manhã da última terça-feira (07/06), a Polícia Civil de Maceió emitiu um comunicado confirmando haver conseguido prender três dos suspeitos de roubarem a casa de Carlinhos Maia.

Publicidade

Um dos suspeitos foi identificado como Emerson de Holanda Lira. Contudo, o homem conseguiu ser liberado pela polícia e, agora, deverá responder ao processo em liberdade, de acordo com o que divulgaram as autoridades. 

Publicidade

Emerson afirmou, durante uma audiência de custódia, que não existem provas concretas que o associem ao crime na casa de Carlinhos. A Justiça acatou seu pedido para ser solto. Até o fechamento desta matéria, os pertences do humorista e do marido não haviam sido encontrados. Além dos objetos, os bandidos também levaram uma quantia em espécie, cujo valor não foi divulgado, mas que totalizam cerca de R$ 5 milhões com o valor dos objetos de luxo.

Publicidade

Enquanto isso, os outros suspeitos do crime, Wellington Medeiros da Silva Moraes e Eliabio Custódio Nepomuceno, permanecem presos. Os três homens foram encontrados pelas autoridades por meio do veículo que utilizaram no roubo.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.