in

Ao saber desfecho de personagem em Pantanal, Sonia Abrão crítica autor da novela: ‘Um absurdo’

Ao descobrir o final de um dos filhos de Tenório (Murilo Benício), a apresentadora se revolta.

Divulgação / Rede TV / Instagram

Nesta quarta-feira (08), a apresentadora Sonia Abrão, do A Tarde é Sua, exibido pela Rede TV, falou umas poucas e boas a respeito do escritor Bruno Luperi, adaptador da novela Pantanal, exibida às nove da noite, pela Rede Globo. Tudo começou quando a apresentadora tomou conhecimento sobre o final de um dos filhos de Tenório (Murilo Benício) na trama.

Publicidade

Ao descobrir sobre o desfecho de um dos filhos de Tenório, a apresentadora não ficou nada satisfeita e colocou a boca no trombone. Segundo a assessoria, o jovem morre assassinado e, segundo Sonia Abrão, o escritor não deveria mudar o final do rapaz, tendo em vista que, na primeira versão, ele foi sensacional e surpreendente.

“Eu acho um absurdo mudar esse final da história”, disse a apresentadora. “E eu me lembro daquela cena, ela foi extremamente forte e extremamente bem feita”, continuou Sonia. 

Publicidade

Final do filho de Tenório em Pantanal

Na primeira versão da novela, o filho de Tenório teve um final trágico, onde foi engolido por uma sucuri. Agora, na versão adaptada por Bruno Luperi, neto do autor da trama original, Benedito Ruy Barbosa, o jovem será assassinado por Solano (Rafael Sieg).

Publicidade

Ao final, Sonia disse que o desfecho do rapaz não será bacana. Afirmou ainda que, na primeira versão da novela, foi muito mais emocionante.

Publicidade

A primeira versão de Pantanal foi ao ar em 1990, escrita por Benedito Ruy Barbosa. Agora, está sendo adaptada por Bruno Luperi, neto do autor. A trama veio para somar na TV brasileira, conquistou o coração do público e é recorde de audiência para a emissora.

Publicidade