in

Após 32 anos, Sandra Annenberg decide retomar carreira de atriz

Apresentadora será a protagonista da montagem de Pedro, o Lobo, que tem estreia prevista para o segundo semestre.

Raphael Dias / TV Globo

Após 32 anos, Sandra Annenberg deve retomar a sua carreira de atriz, interrompida para que ela pudesse se dedicar exclusivamente à função de apresentadora. Numa nova montagem de “Pedro, o Lobo”, com estreia prevista para o segundo semestre de 2022, em São Paulo, ela ocupará o posto de protagonista da história.

Publicidade

Sandra Annenberg também fará a narração do espetáculo, que conta a história de Pedro para os espectadores. A atração também interage com bonecos, que serão confeccionados especialmente para o espetáculo, que contará com a presença de uma orquestra sinfônica, uma vez que cada personagem da história será representado por um instrumento musical. Para tanto, a apresentadora terá um figurino especial já em fase de criação.

Antes de se dedicar ao jornalismo, Sandra, durante vários anos, atuou como atriz e integrou o elenco de humorísticos, espetáculos teatrais e novelas. Em 1987, na Band, ela teve participação fixa em Bronco, série de humor semanal protagonizada por Ronald Golias, Nair Bello e Renata Fronzi.

Publicidade

No SBT, Sandra Annenberg ficou com o papel central de Cortina de Vidro, a primeira novela escrita por Walcyr Carrasco. Já na Rede Globo, protagonizou Pacto de Sangue e teve importantes papéis nas séries “República” e “A, E, I, O… Urca”, ambas exibidas pela emissora nos anos 90.

Publicidade

Atualmente, no comando do Globo Repórter ao lado de Glória Maria, Sandra que ingressou no jornalismo em 1990, nunca negou o desejo de voltar a atuar, mas desde que fosse num projeto bastante interessante.

Publicidade

Para fazer parte do elenco de “Pedro, o Lobo”, a apresentadora pediu autorização para a Rede Globo e prontamente foi atendida.

Publicidade