in

Pantanal: filho de Tenório será assassinado por capanga contratado pelo próprio pai

Tenório contratará o matador para dar fim ao filho primogênito de José Leôncio.

Foto: Reprodução/ TV Globo

O autor de Pantanal, Bruno Luperi, decidiu mudar o final do filho caçula de Tenório. No folhetim exibido em 1990, Roberto seria atacado por uma sucuri e seria engolido pelo animal. No remake, o rapaz será assassinado por uma capanga contratado pelo próprio pai. Tenório irá atrás do homem e o contratará para dar fim no filho primogênito de José Leôncio, José Lucas.

Publicidade

Nos próximos capítulos da novela Pantanal, o vilão contratará o assassino para dar fim no ex-caminhoneiro. Nessa altura, a segunda família de Tenório já terá se mudado para o bioma, causando um verdadeiro escândalo. Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o rapaz verá o homem armado e o confrontará, perguntando o motivo pelo qual ele está armado.

Com medo de ser descoberto pelo filho do patrão, Solano dirá ao rapaz que Tenório pediu para que ele conferisse se as armas estavam funcionando. Desconfiado de Roberto, o capanga achará que o jovem não acreditou em sua versão e o sondará para descobrir se ele está desconfiado.

Publicidade

Após ser flagrado pelo rapaz com as armas, Solano se aproximará de Roberto e irá acompanhá-lo em um passeio de barco. Durante o passeio pelas águas do rio, eles darão de cara com uma imensa sucuri. O capanga de Tenório ficará com medo do animal e tentará espantá-lo.

Publicidade

Roberto, por sua vez, dirá que a cobra é inofensiva e afirmará que o animal não come pessoas, que é apenas um mito criado pelos moradores da região. Contudo, o matador não dará ouvidos ao rapaz e ficará desesperado ao ver o animal. Afobado, Solano cairá dentro do rio e o jovem tentará salvá-lo do pior.

Publicidade

No entanto, Roberto se dará mal ao tentar ajudar o mau-caráter e também cairá dentro do rio. Solano conseguirá se salvar, mas o rapaz morrerá afogado. Ao entrar no barco, o funcionário verá que o jovem está boiando no rio. O matador aproveitará que o filho de Tenório estará desacordado para o matar. Dissimulado, ele ainda dirá: “Coitado. Morreu no abraço da sucuri. A gente se vê do outro lado”, enquanto afoga o rapaz nas águas do Pantanal.

Ao voltar para a fazenda, Solano dirá que eles foram atacados por uma sucuri e que o jovem foi morto pelo animal. Contudo, a família de Roberto não acreditará na versão do capanga e desconfiarão que ele matou Roberto. Tempos depois, o corpo do rapaz aparecerá, mas não terá nenhum sinal de que foi atacado por uma cobra.

Publicidade