in

Sikêra Junior faz acordo com o Ministério Público para não enfrentar Xuxa nos tribunais

A apresentadora conseguiu mais uma vitória contra o apresentador da RedeTV!.

Instagram Xuxa/ Rede TV!

Segundo informações do colunista Leo Dias, Sikêra Junior fez um acordo com o Ministério Público do Estado do Amazonas para que ele não responda um processo criminal devido às ofensas que fez contra a apresentadora Xuxa Meneghel. Na ocasião, a assessoria jurídica da famosa informou que, ao fazer isso, o jornalista não precisará enfrentar a ex-Record nos tribunais.

Publicidade

Conforme informações dos advogados de Xuxa, o processo civil ainda está em andamento na Justiça, em que Sikêra ficou responsável por pagar R$ 300 mil para a ‘rainha dos baixinhos’, devido aos danos morais causados a ela pelas suas ofensas. O apresentador ainda pode recorrer dessa decisão e tem a possibilidade conseguir reverter a condenação em outra instância.

Ainda segundo os advogados da artista, ao aceitar o acordo com o Ministério Público o profissional será obrigado a ficar por cinco anos sem fazer nenhuma ofensa contra a famosa, nem mesmo de maneira direta ou indireta, seja na televisão, na internet ou até mesmo em algum ambiente privado. Segundo o site IG, Xuxa está radiante com a vitória que conseguiu alcançar, já que teria sido exposta e até mesmo prejudicada pelo rival diversas vezes. O jornalista teria aceitado o acordo para evitar uma possível condenação e ter o seu nome fichado na Justiça.

Publicidade

Compreenda a polêmica

Tudo começou em 2020, quando Sikêra Jr. exibiu em seu programa Alerta Nacional, na emissora Rede TV!, um vídeo em que mostrava um homem tendo relações com uma égua. Na ocasião, o jornalista demonstrou uma simulação da gravação com outras pessoas que estavam no seu programa, uma delas, chegou a utilizar uma máscara de burro.

Publicidade

Algum tempo depois, a mãe de Sasha fez críticas contra o profissional e chegou a ser ofendida por ele em outra edição ao vivo. Sikêra ainda chegou a acusar Xuxa de pedofilia, o que fez com que ela o processasse alegando danos morais.

Publicidade
Publicidade