in

Anitta fala de Zé Neto, que teve shows cancelados: ‘Fez graça comigo e depois a vida virou um tormento’

A cantora deu mais declarações após a sua entrevista para o Fantástico.

REPRODUÇÃO TV GLOBO - RD1

A cantora Anitta voltou a dar o que falar no último final de semana, ao denunciar, no Fantástico, que já recebeu propostas para participar de esquemas de desvio de verba pública, através de seu cachê em shows. A artista ainda afirmou que a prática é bem conhecida no meio artístico.

Publicidade

A reportagem do Fantástico logicamente questionou a cantora, pois as investigações sobre alguns shows sertanejos em prefeituras do país começaram justamente após o cantor Zé Neto criticar a lei Rouanet e ironizar a cantora em um show no Mato Grosso, dizendo que eles não precisavam tatuar o “toba”. Como se sabe, no ano passado, viralizou na internet um vídeo, em que Anitta aparecia tatuando a região.

Após sua fala no Fantástico, Anitta fez questão de dizer em suas redes sociais que não tem nada contra os artistas sertanejos e que, por isso, não quer criar nenhuma polêmica sobre o assunto. A artista disse que não acha que deve criar uma CPI para investigar o sertanejo e, sim, que tem que haver mais investigações em um modo geral contra a corrupção.

Publicidade

Em seu desabafo, Anitta afirmou que não falou mal de ninguém em sua entrevista para o Fantástico e que a única coisa que ela deseja é o fim da corrupção no país. Sobre Zé Neto, a cantora contou que achou graça. “Achei engraçado que a pessoa foi fazer graça comigo e depois a vida virou um tormento? Achei, e continuo achando“, afirmou a cantora.

Publicidade

Além de ver shows de colegas investigados, Zé Neto teve recentemente sua presença em shows cancelados, após se acidentar enquanto treinava boxe. O cantor teve três costelas fraturadas e deve ficar em absoluto repouso, sem poder fazer shows com o seu parceiro Cristiano.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com