in

Diagnosticada com doença, Cátia Fonseca se afasta do comando de O Melhor da Tarde

Durante a sua ausência, o programa será apresentado pela equipe de colaboradores e exibirá matérias, que já estavam gravadas.

Reprodução / Instagram

Na edição de hoje da atração, Cátia fez uma entrada, ao vivo, diretamente de sua residência, em São Paulo, para atualizar os telespectadores sobre o seu real estado de saúde. Enquanto estiver afastada, o Melhor da Tarde será apresentado pela equipe de colaboradores, que atuam no programa desde a sua estreia.

Publicidade

Cátia Fonseca foi diagnosticada com a Covid-19 nesta segunda-feira, 6 de junho. A apresentadora já se afastou do comando de O Melhor da Tarde, que é transmitido pela Band. Cátia revelou estar indignada com o acontecido, pois não vê sentindo absolutamente nada em relação aos sintomas da doença.

Para ocupar seu tempo livre, ela tem se dedicado aos seus dotes culinários e além de ter preparado uma sopa, vai fazer pães doces para serem degustados pelos familiares. Ela também afirma que já tomou a terceira dose da vacina e a aplicação da quarta só ocorrerá cerca de um mês.

Publicidade

A apresentadora não deixou de revelar que, nas dependências da Band, todas as segundas-feiras e quartas-feiras vem se submetendo aos exames da Covid-19 e na semana passada, o resultado foi negativo.

Publicidade

Porém, seu marido, Rodrigo Riccó, diretor de O Melhor da Tarde, testou positivo na última quarta-feira, 1 de junho. Durante a ausência de Cátia, o programa irá exibir matérias, que foram previamente gravadas.

Publicidade

Na próxima quinta-feira,  9 de junho, o Melhor da Tarde terá um especial comandado pelo chef Roberto Ravioli e na sexta-feira, 10 de junho, está previsto para ir ao ar a primeira matéria gravada em Bariloche, para onde Cátia viajou recentemente.

Publicidade