in

Em Pantanal, Trindade conta como fez pacto com o diabo e dá instruções para invocá-lo: ‘É só chamar’

O violeiro dirá para José Lucas como aconteceu seu encontro com o capeta.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Em Pantanal, José Lucas será surpreendido pelas previsões de Trindade. O filho de José Leôncio ficará interessado no pacto do peão com o diabo após escutar sábias informações do violeiro. Trindade não poupará elogios ao tinhoso e ainda encorajará ao amigo a fazer um acordo também.

Publicidade

Nos próximos capítulos do folhetim de Bruno Luperi, José Lucas vai querer saber quais são as condições que peão precisou seguir para manter o pacto com o capeta. Assim que conheceu o violeiro, o primogênito de José Leôncio não acreditava no pacto de Trindade com o cramulhão. No entanto, após escutar várias previsões que se concretizaram, o ex-caminhoneiro ficará tentado.

José Lucas insistirá para o colega de trabalho contar quais são as condições do contrato. No entanto, Trindade não contará e dirá que não pode revelar informação nenhuma, pois a discrição foi exigida pelo capeta. Segundo o peão, se ele expuser os detalhes, o pacto perderá o efeito.

Publicidade

O filho de do Rei do Gado não se dará por convencido e tentará arrancar alguma informação do violeiro. Na ocasião, José Lucas dirá que se tivesse alguma oportunidade, também faria um acordo com o tinhoso. Ao escutar a revelação do amigo, Trindade dará instruções para invocar o capeta. “É só chamar que vem”, revelará o rapaz.

Publicidade

Ainda durante a conversa, o peão contará como aconteceu seu encontro com o diabo. Trindade revelará que o chamou uma vez enquanto tocava sua viola. De acordo com o peão, o capeta apareceu dançando em sua volta e ainda zombou de suas habilidades com o instrumento. Contudo, disse que ele poderia ser o melhor violeiro se desse a  alma em troca. Assustado com o relato do peão, José Lucas desistirá de conhecer o tinhoso.

Publicidade
Publicidade