in

Tatuador declara que não aumentou seu cachê após polêmica tatuagem realizada em Anitta

Profissional ainda disse que enfrentou problemas em seu relacionamento por conta de ciúmes.

reprodução/Instagram/Hugo Gloss

A cantora Anitta vem há muito tempo sendo o grande destaque da mídia brasileira. A cantora foi a primeira brasileira a alcançar o top 1 do aplicativo Spotify, contudo, logo após o feito, Anitta foi acusada de influenciar seus seguidores a fraudar o algoritmo do aplicativo para conquistar o topo.

Publicidade

Outro fato sobre a cantora que chamou muita atenção na mídia e até hoje vem sendo pauta de discussões, foi uma tatuagem íntima realizada em 2021. O assunto voltou a ser polêmica após o cantor sertanejo Zé Neto ironizar a tatuagem de Anitta, e ainda, declarar que é um artista que não depende do auxílio da Lei Rouanet.

A fala do sertanejo acalorou debates sobre cachês pagos com verbas públicas a cantores em todo o Brasil. No entanto, a polêmica também chamou a atenção para um terceiro, que até o momento se encontrava invisível, trata-se do tatuador Lucas Maffei, responsável pela tatuagem íntima de Anitta.

Publicidade

O tatuador afirmou que se manteve em silêncio por todo esse tempo pois não sabia se o fato seria uma espécie de marketing positivo ou negativo para a sua imagem. Lucas  salientou que Anitta em nenhum momento pediu o silêncio, na verdade a cantora o deixou bastante confortável sobre o assunto.

Publicidade

Lucas também comentou que a decisão de silêncio foi uma forma de respeito a sua família. O tatuador é casado e tem uma filha de 2 anos de idade e, que após a tatuagem, sua esposa foi obrigada a ler uma enxurrada de comentários. Por fim, o tatuador afirmou que a polêmica tatuagem aumentou um pouco a procura por ser seus serviços, mas que os preços cobrados continuam inalterados.

Publicidade
Publicidade